Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota | Peter Graber

Author: petergraber

Conheça os 5 níveis de segurança que seu patrimônio precisa

By Comentários desativados em Conheça os 5 níveis de segurança que seu patrimônio precisa

Um primeiro passo para construir um sistema de segurança eficaz e assertivo é conhecer os cinco níveis de segurança existentes e quais as estratégias e protocolos de proteção devem ser desenvolvidos para cada um deles. Cada nível demanda diferentes responsabilidades e, quanto mais alto, maior a necessidade de elaborar soluções complexas para total segurança do seu patrimônio.

Os níveis básicos podem ser trabalhados e fiscalizados pela própria população local e/ou funcionários, enquanto os níveis seguintes exigem intervenção de gestores ou parceiros especializados. Uma boa sugestão para compreender os vários níveis de segurança é se reunindo com moradores, colaboradores e prestadores de serviços para mobilização de apoios, participações e divisão de responsabilidades nos variados níveis, de forma que todos entendam seu papel e o que pode ser feito em esfera individual para auxiliar e colaborar na segurança coletiva.

Entenda os níveis:

Nível mínimo

O primeiro é também o mais simples dos níveis de segurança. Ele compreende a restrição do acesso de pessoas não autorizadas em determinados locais. Sendo assim, os elementos que compõem e sustentam este nível de segurança são portas, janelas, catracas, fechaduras, balcões e outros objetos que atuem como barreiras físicas.

As pessoas que podem ajudar a fiscalizar este nível de segurança são os funcionários responsáveis pelo controle de acesso, seguranças do local e moradores que identifiquem presenças suspeitas.

Nível baixo

Além das características anteriores, no nível baixo dos níveis de segurança, compreende-se o fortalecimento da segurança das barreiras físicas do nível mínimo. Grades nas janelas, cercas elétricas, arames farpados e bloqueios de acesso são exemplos. No entanto, a fiscalização deste nível também se dá a nível passivo, como no nível anterior, sem participação direta das pessoas.

Nível médio 

Este nível engloba todos os níveis de segurança anteriores, mas conta com o grande diferencial da capacidade de prever pontos de vulnerabilidade e antecipar ameaças que coloquem a família e o patrimônio em risco. A presença de vigilantes e porteiros, por exemplo, já pode ser considerado um plano de ação que antecipa e inibe a ação criminosa. 

Este nível é deve ser responsabilidade de equipes profissionais e capacitadas para executar os planos de ações.

Nível alto 

Aqui, o grande diferencial é a intervenção direta da tecnologia no total dos níveis anteriores. Encontramos CFTVs reforçando as características dos níveis básicos e intermediário, em conjunto com monitoramento de alarmes e investimento expressivo em iluminação estrategicamente posicionada. Além disso, conta-se também com um contato direto à polícia e grande quantidade de pessoas e equipamentos envolvidos na tarefa de vigiar o ambiente.

Nível Máximo

Como conferimos até aqui, o nível alto já é a combinação de todos os níveis de segurança anteriores, mesclando tecnologia e equipes especialmente capacitadas para atuar com os equipamentos contratados.

No nível máximo de segurança, temos a presença de monitoramento e vigilância durante 24 horas por dia. Tudo o que há de mais avançado em tecnologia da segurança está presente neste nível. Biometria, portaria remota, ronda virtual, monitoramento de alarmes e muito mais. Este nível é frequentemente usado por empresas, grandes estabelecimentos e condomínios.

Conte com a Peter Graber para fazer uma análise dos cinco níveis de segurança do seu patrimônio e proteja-se com o que há de mais moderno. Entre em contato! 

Como melhorar o sistema de alarmes? Confira nossas dicas exclusivas

By Comentários desativados em Como melhorar o sistema de alarmes? Confira nossas dicas exclusivas

Uma das principais preocupações do brasileiro, principalmente daqueles que moram nas grandes cidades, é a segurança. Os índices de invasões e furtos residenciais nos últimos anos tem crescido consideravelmente, assustando autoridades e população. Com isso, cresce a necessidade em saber como melhorar o sistema de alarmes em casas, comércios e empresas. 

A busca pela tranquilidade e bem-estar é uma necessidade nativa do ser humano que cresce quando este se sente em situação de risco e ameaça. Por isso, muitas pessoas e condomínios passaram a investir em diferentes tipos de sistemas de segurança e consequentemente a dúvida: como melhorar o sistema de alarmes que minha casa ou condomínio possui? 

Por isso, separamos algumas informações que vão fazer toda a diferença na hora de escolher a empresa que vai cuidar da segurança da sua família. Continue a leitura e saiba mais.

O que é um sistema de alarmes?

São diversos tipos de sistemas, cada um adaptado às mais variadas necessidades da vida cotidiana. São características específicas, com valores e tecnologias diferentes para atender aos mais diversos nichos e setores.

Os sistemas de monitoramento de alarmes podem conter equipamentos desde alarmes sonoros e detectores de movimento a botão de pânico, CFTV, controle de acesso e biometria.

Como melhorar o sistema de alarmes?

A primeira coisa a ser levada em conta na hora de otimizar sua estrutura de segurança é a rotina e o estilo de vida da família. Horários de entrada e saída, circulações durante a madrugada e/ou a presença de animais de estimação são fatores que pedem adaptações em como melhorar o sistema de alarmes. Os possíveis pontos de risco também devem ser avaliados, assim como a região que o imóvel é localizado.

Para ajudar no novo projeto de monitoramento e segurança, a Peter Graber disponibiliza um técnico consultor que avalia todo o perímetro do local e as áreas internas e externas; este entende as necessidades do local e recomenda com propriedade os melhores aparelhos para proteger o patrimônio.

Durante a consultoria, é ideal que o contratante instrua o técnico sobre os hábitos dos moradores e frequentadores do lugar, compartilhe sua percepção dos arredores e suas principais preocupações.

Na Peter Graber, você contrata o serviço de portaria remota e/ou monitoramento de alarmes e conta com suporte, atendimento 24 horas por dia e rondas virtuais.

Entre em contato conosco e saiba como melhorar o sistema de alarmes com a nossa ajuda!

Dicas para melhorar a segurança de condomínio horizontal

By Comentários desativados em Dicas para melhorar a segurança de condomínio horizontal

Quando falamos em condomínios, logo pensamos naqueles extensos terrenos com várias torres de apartamentos, área de lazer, piscina e várias churrasqueiras; mas esquecemos de um outro tipo de condomínio residencial que é encontrado com mais frequência longe das grandes metrópoles: os condomínios de casas.

Mas, para sua surpresa e despreocupação, a Peter Graber também tem conhecimento e estrutura para melhorar a segurança de condomínio horizontal. E, por isso, escrevemos esse artigo com dicas preciosas para que você e seus vizinhas fiquem tranquilos quanto à segurança de seus lares.

Condomínios, de maneira geral, costumam frequentemente ser alvos de assaltantes. Isso porque o fluxo de pessoas é grande e, apenas pela fachada do conjunto residencial ou pela região, é possível ter ideia do perfil dos moradores; especialmente os de alto padrão. Não são raras as notícias de infração e criminalidade neste tipo de local, por isso, é imprescindível que, para melhorar a segurança de condomínio horizontal, haja boas políticas e protocolos de recepção e emergência, assim como um investimento em tecnologia da segurança adequado para a estrutura do local.

Dicas fundamentais para melhorar a segurança de condomínio horizontal

  1. Contrate uma empresa qualificada e especializada 

É fundamental que o condomínio tenha uma empresa especializada em segurança patrimonial como apoio na hora de implementar sistemas de segurança. A empresa deve ser encarregada de avaliar o perímetro do terreno, a região de localização, os acessos à área privada e os pontos de vulnerabilidade. Assim, é possível um planejamento prévio com estrutura adequada e planos de ação em caso de emergências.

  1. Seja criterioso ao contratar mão de obra interna

É de extrema importância para melhorar a segurança de condomínio horizontal que a equipe de seja capacitada e de confiança. Neste caso vale o ditado “o barato sai caro”. Muitas vezes, é necessário investir mais em funcionários profissionais e de confiança do que optar pela equipe de menor custo e correr o risco de futuros problemas. Ao fazer a seleção de equipe, é importante avaliar documentação e antecedência criminal. Além disso, frequentes treinamentos e capacitação dos funcionários ajudam a manter os protocolos de ação em dia e atualizados.

  1. Iluminação

Instalar sensores de luz em todo o perímetro do prédio proporcionam uma visão mais clara para os transeuntes das mediações, ajuda a intimidar ações criminosas e anuncia movimentações nas áreas.

  1. Realize manutenção preventiva periodicamente

Os equipamentos de segurança devem passar periodicamente por manutenção preventiva; verificando se está tudo em perfeito funcionamento, se os cabos e circuitos de energia estão funcionando corretamente e devidamente protegidos e identificar algum dano em potencial.

Para melhorar a segurança de condomínio horizontal, você também pode entrar em contato com a equipe especializada da Peter Graber, obtendo um atendimento personalizado com análise ao seu imóvel para identificação de pontos frágeis.

Temos a tecnologia que a sua segurança precisa!

5 dicas para um condomínio mais sustentável

By Comentários desativados em 5 dicas para um condomínio mais sustentável

Além de segurança, qualidade de vida é um tópico importantíssimo a ser debatido dentro dos grupos condominiais, assim como a implementação de ações para redução da quantidade de lixo e melhor direcionamento do lixo reciclável. Desta forma, é possível criar hábitos saudáveis para um condomínio mais sustentável, reduzindo então o impacto ambiental causado por grandes grupos de pessoas.
É difícil orientar, mensurar e/ou supervisionar a ação de famílias que moram em casa; mas quando estamos inseridos em grandes grupos de pessoas – principalmente na representação deste – temos a oportunidade de motivar hábitos conscientes em prol do meio ambiente e do planeta Terra. E por isso, reunimos algumas dicas bacanas para que você inspire um condomínio mais sustentável e reduza o dano ambiental causados nos últimos séculos.

Luzes com sensores de movimento
As luzes com sensores de movimento colaboram com um condomínio mais sustentável pois evitam o consumo desnecessário de energia elétrica. Elas acendem somente quando captam a presença de movimentos no local. Com isso, também é possível reduzir os custos do condomínio.

Coleta Seletiva
Se seu condomínio ainda não faz coleta seletiva, meu amigo, comece agora mesmo! É imprescindível, em pleno ano 2019, que tenhamos a consciência da quantidade do lixo que produzimos e tentar reduzir essa quantidade o máximo possível.

Ter caçambas exclusivas para lixo comum e lixo reciclável já ajuda bastante, mas para ter um condomínio mais sustentável de verdade, é mais bacana ainda incentivar a separação do lixo por tipos. Assim, cria-se um novo hábito entre as famílias e fica mais fácil direcionar cada tipo de lixo para a reciclagem correta.

Campanhas de coleta de lixo eletrônico
Um tipo de lixo que ninguém fala é sobre o lixo eletrônico. E você sabe o impacto dele?

Fios, pequenos sistemas elétricos, pilhas, baterias e derivados contém compostos químicos extremamente danosos ao solo, ao meio ambiente e à nossa saúde, como chumbo, bário, arsênio, mercúrio e alguns outros que tem um verdadeiro palavrão como nome. 

O descarte inadequado de resíduos eletrônicos é um verdadeiro perigo. Ao chegar nos grandes lixões, começam a se decompor em contato com outros tipos de lixo e contamina o solo, podendo então contaminar nosso alimento e nossa água. Isso quando chega lá.

Muitas vezes, pessoas de todos os tipos vêem esse tipo de lixo e pegam para si com a intenção de vender fios de cobre sem saber do perigo que está exposto ao manusear tais aparelhos abandonados.

Mas o que fazer com esse tipo de resíduo então? Para um condomínio mais sustentável e consciente, crie ações de coleta de lixo eletrônico. Ao obter quantidade considerável, direcione para pontos de coleta desse tipo de lixo, onde faz a separação, reutilização e reciclagem adequadas.

Crie hortas coletivas
Se é pra falar de qualidade de vida, é bom pensarmos na quantidade de agrotóxicos que nós e nossas crianças estamos consumindo atualmente.

Se seu condomínio é grande e com uma boa área verde, criar uma horta seletiva pode mudar a vida da sua comunidade.

Além de consumir alimentos orgânicos e muito mais saudáveis, pode-se também elaborar atividades junto com as crianças para plantio, cultivo e colheita. Desta forma, desenvolve-se a consciência coletiva entre as famílias.

Campanhas de arrecadação de agasalho
Porque um condomínio mais sustentável não é só aquele que planta e recicla, mas também aquele que cria ações sociais e ajudam aquelas que necessitam.

Campanhas de agasalho em épocas de frio é essencial para ajudar os moradores de rua a se manterem aquecidos. Nesta época, há muitas mortes por hipotermia de moradores de rua.

Além de praticar o desapego e dar aquela desafogada no guarda roupa, você ainda ajuda quem precisa. Só vemos vantagens! 

Para essas e outras dicas de segurança e convivência em condomínios, continue acompanhando nosso blog.

Entre em contato para contratar nossas serviços de tecnologia da segurança! 

Perguntas Frequentes à Peter Graber – FAQ da Graber

By Comentários desativados em Perguntas Frequentes à Peter Graber – FAQ da Graber

Dedicamos esse artigo exclusivamente ao esclarecimento das perguntas frequentes recebidas sobre os serviços de tecnologia da segurança oferecidos pela Peter Graber.

Leia o artigo e esclareça suas dúvidas. 

  1. Como funcionam os serviços de monitoramento

A primeira das perguntas frequentes que recebemos é em relação aos serviços de monitoramento. Contamos com diversas possibilidades de monitoramento, como monitoramento residencial, monitoramento empresarial, monitoramento comercial, monitoramento de condomínios, e monitoramento assistido.

Estes serviços contam com a instalação de câmeras e alarmes em todo o perímetro do imóvel a ser monitorado para que nossa equipe possa fazer a vigilância remota. No caso do monitoramento assistido, o morador aciona a nossa central no momento que entra e sai do local através de um botão ou do aplicativo. Assim, nossa equipe estará a postos acompanhando sua entrada na garagem até o fechamento do portão.

  1. Como funciona a portaria remota?

Todo o sistema de controle de acesso do condomínio é feito remotamente; ou seja, a partir de uma central onde os funcionários atendem à portaria do prédio através de câmeras e interfones. Desta forma, é possível a redução das taxas condominiais e assegurar a vida dos prestadores de serviço, que estão mais seguros em nossa central do que em situação de vulnerabilidade da portaria.

  1. O que acontece com os funcionários?

As questões humanitárias barram o desenvolvimento da tecnologia em alguns aspectos, principalmente quando se trata de pessoas ficando sem emprego. Mas é necessária a compreensão de que a expansão da tecnologia e a substituição da mão de obra são favoráveis ao desenvolvimento humano.

Uma vez que os profissionais dão espaço para a portaria remota, esses têm a oportunidade de se qualificar e serem realocados para nossas centrais de atendimento.

  1. E se acabar a energia do condomínio? 

De todas as perguntas frequentes, essa é a mais comum que recebemos sobre portaria remota. “E se a luz acabar?” 

Todos os sistemas de segurança Peter Graber contam com Nobreaks potentes que são capazes de segurar a energia até estabilização da distribuição de luz. 

Caso a previsão de regularização seja remota, enviamos uma equipe até o local para cobrir a portaria até a normalização do serviço.

  1. O sistema Peter Graber é de fácil adaptação aos idosos?

É um estereótipo dizer que a terceira idade não se adequa à tecnologia, mas a verdade é que ainda existe uma parcela desta que resiste em incorporar as inovações. 

Mesmo assim, o número de idosos que vivem sozinhos tem sido cada vez maior, uma vez que a qualidade de vida e a saúde tem aumentado a expectativa da população.

O monitoramento assistido é um dos recursos mais procurados pelas famílias de idosos que vivem sozinhos. Por meio de um aplicativo ou de sensores estrategicamente instalados, as câmeras frontais da residência são acionadas, transmitindo em tempo real para nossa central a movimentação de pessoas e veículos nos portões. Em situações de risco, enviamos prontamente uma equipe até o local.

Essas e outras dúvidas podem ser esclarecidas através do conteúdo do nosso blog ou do nosso Instagram. Para maiores informações, contate-nos e saiba tudo sobre nossos serviços! 

Tendência em condomínios: portaria remota vem transformando a forma de se fazer segurança

By Comentários desativados em Tendência em condomínios: portaria remota vem transformando a forma de se fazer segurança

Tendência é estar conectado. E essa tendência em condomínios tem ganhado força. Serviços como portaria eletrônica, monitoramento inteligente de alarmes e CFTV, controles de acessos automatizados e até aplicativos tem se tornado cada vez mais populares entre conjuntos residenciais e fazendo parte do dia a dia dos condôminos.

A portaria remota tem apresentado um ritmo de crescimento surpreendente para os empresas e os profissionais do setor e essa nova tendência em condomínios já pode ser considerada uma inovação disruptiva, ou seja, novos recursos tecnológicos que transformam toda uma mentalidade coletiva, a forma de se compreender funções, métodos de trabalho e até – por que não? – o modo de enxergar o mundo? 

Nova forma de se fazer segurança vira tendência em condomínios

Portarias eletrônicas, porteiros remotos, rondas virtuais, controles de acesso automatizados, aplicativos de segurança e muito mais. A tecnologia tem alcançado níveis extraordinários e já entrou dentro das nossas casas.

Muito indaga-se sobre a mão de obra que fica desamparada com o avanço da tecnologia, mas essa mudança faz parte de uma profunda transformação de valores que visa uma melhor qualidade de vida para todos os seres humanos. Os sistemas virtuais que tem se tornado tendência em condomínios tem poupado a vida de muitos profissionais de segurança, afinal, o ser humano ainda é vulnerável diante de crimes cometidos à mão armada. O mais alto dos investimentos em segurança pode ir por água abaixo com o disparo de um gatilho e levar uma vida junto.

E em tempos como hoje, qualquer cuidado é pouco. E uma portaria 100% remota é a garantia da não rendição por armas de fogo.

Além disso, o movimento que as inovações disruptivas causa é, também, a necessidade de atualização e especialização de tais profissionais. É natural do ser humano que se acomode na zona de conforto, mas a partir do momento que o trabalhador se vê perdendo valor perante à tecnologia, nasce a urgência de reinvenção, de capacitação e de aquisição de novos conhecimentos. 

Quer ficar por dentro de mais dicas de segurança e as últimas inovações tecnológicas no setor da segurança privada? Acompanhe nosso Instagram!

Entre em contato conosco para contratar nossos serviços de portaria remota e monitoramento de alarmes!

Acessibilidade é lei. Seu condomínio tem?

By Comentários desativados em Acessibilidade é lei. Seu condomínio tem?

O que você conhece sobre acessibilidade? Você depende dela no seu dia a dia? Você fornece acessibilidade nos locais pelos quais é responsável? 

Facilitar o acesso para pessoas com mobilidade reduzida é um ato de cidadania, mas muito mais do que isso: é lei instituída por decreto federal pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Continue lendo e saiba mais sobre acessibilidade e dicas para garantir o acesso e a segurança destas pessoas em prédios, condomínios, empresas e comércios. Afinal, a inclusão começa por nós mesmos! 

Formas de melhorar a Acessibilidade

Rampas

As rampas de acesso devem existir em locais com degraus e/ou que apresentem desníveis que impeçam a circulação de uma cadeira de rodas. A preferência é que essas rampas estejam posicionadas ao lado das escadas ou degraus. É importante salientar que as rampas de acessibilidade devem ser antiderrapantes e com corrimão em ambos os lados, garantindo então a segurança dos transeuntes. 

Piso tátil 

Necessário para usuários com deficiência visual, o piso tátil é recomendado para ampliar o acesso e a autonomia de tais pessoas ao transitar em locais públicos e/ou movimentados.

Esse piso, que tem texturas diferentes, ajudam o deficiente visual a se localizar e ter ciência da direção certa e segura para caminhar. O ideal é que ele seja interativo e tenha seu início/término perto de portas, escadas e elevadores como uma forma de indicar o caminho ao cidadão.

Deve-se ficar atento ao piso comum do ambiente. Os pisos muito polidos, lisos ou tapetes podem causar acidentes.

Portas

Adaptar as portas também é necessário para que os cadeirantes possam transitar entre os locais. A largura deve ser suficiente para a passagem de uma cadeira de rodas, enquanto a maçaneta deve ser instalada numa altura entre 80cm a 1,20m do chão.

Elevadores

Assim, como as portas, os elevadores também precisam ser largos e espaçosos, tendo pelo menos 1,50m para manobras das cadeiras de rodas. Os botões e interfones devem estar também entre 80cm e 1,20m de altura do chão.

Para acessibilidade de deficientes visuais, os botões devem ter legendas em braile e deve ser instalado sistema sonoro para que eles saibam em que andar se encontram.

Vagas de Estacionamento 

As vagas de estacionamento devem ser mais largas que o convencional, tendo o espaço necessário para que o cadeirante possa entrar e sair do veículo, montar e desmontar a cadeira. Além disso, elas devem ser próximas às portas de acesso e elevadores.

Grávidas, pais e mães com crianças de colo, deficientes visuais e idosos também têm direito às vagas preferenciais; cada qual com seus respectivos cartões de acesso fornecido pelo órgão responsável.

As vagas devem ser bem sinalizadas e pintadas com o símbolo internacional do acesso no chão.

Essas e outras dicas sobre condomínios e segurança, você encontra aqui no blog da Peter Graber. Para contratar os nossos serviços, entre em contato 😉 

Porteiro Virtual – saiba mais sobre a profissão que mais cresce no país

By Comentários desativados em Porteiro Virtual – saiba mais sobre a profissão que mais cresce no país

Em entrevista com a revista Qual Imóvel, nosso CEO Leandro Martins falou sobre a profissão porteiro virtual, que está em evidência e crescendo cada vez mais no Brasil.

Esses profissionais também podem ser chamados de controladores de acesso. Eles ganham mais que um porteiro tradicional e arriscam menos a sua vida. A diferença? Apenas um treinamento voltado ao atendimento à distância através da tecnologia.

A vida em condomínio pode trazer mais segurança aos moradores, mas o custo de manter uma portaria convencional varia entre 17 e 25 mil reais e ainda não garantir 100% da segurança devido à vulnerabilidade da mão de obra humana. Afinal, é comum vermos notícias de invasões a condomínios feitas pela porta da frente, rendendo o porteiro com armas de fogo.

Mesmo assim, um dos argumentos que geram resistência na escolha pela portaria remota é a extinção da profissão porteiro. Mas o que não é levado em conta é que a tecnologia cria muito mais oportunidades do que tira. O recurso de portaria remota, por exemplo, abrange a profissão de porteiro virtual, técnicos, instaladores, gerente de produto, entre outras.

Além disso, a portaria virtual atende um público ainda muito restrito. Condomínios pequenos, de regiões periféricas e que possuem moradores mais velhos ou não adeptos às inovações tecnológicas ainda não entendem a necessidade da transição do serviço e, por isso, não vêem muito sentido em optarem por um recurso de alta tecnologia.

Em contrapartida, Leandro Martins, nosso diretor executivo, defende que o serviço é uma tendência recém chegada ao país e que tem crescido com velocidade considerável. O trabalho realizado pela Peter Graber é tirar o porteiro da área de risco e realocá-lo para uma central de atendimento remoto. 

É preciso também ponderar os custos do condomínio que estão ficando cada vez mais altos, consequentemente instigando o aumento da inadimplência entre os moradores. Neste cenário, há a necessidade de repensar o gasto coletivo e buscar alternativas para redução de custos.

Para um serviço prestado com excelência, o porteiro virtual passa por todo um processo de capacitação antes de assumir a função, com treinamento sobre os procedimentos de atendimento e cursos de reciclagem. Há muitos colaboradores da Peter Graber que já foram porteiros tradicionais.

Pró-atividade, empatia e comprometimento com o cliente são características pessoais necessárias para o cargo, além de uma boa dicção, necessária para uma fala limpa e entendível por quem é atendido. As vantagens da função são: salário maior e segurança em trabalhar numa central de atendimento monitorada 24 horas por dia.

Gostou do artigo? Se você tem interesse em trabalhar conosco, entre em contato aqui. Se ficou interessado em implantar uma portaria virtual na sua casa, condomínio ou empresa, entre em contato por aqui.

O que você precisa saber sobre a manutenção do condomínio?

By Comentários desativados em O que você precisa saber sobre a manutenção do condomínio?

A manutenção do condomínio deve ser responsabilidade exclusiva do síndico, que deve estar atento aos prazos e validades e providenciar a inspeção periódica e eventuais reparos. Porém, são trabalhos que exigem atenção técnica e muito detalhismo e, por isso, algumas coisas acabam passando batido.

Saiba então quais são as necessidades de manutenção do condomínio periódicas e ajude seu síndico a realizar um trabalho melhor.

  • Controle de acesso e comunicações

Um detalhe simples, mas que qualquer falha boba pode colocar a segurança do prédio em risco. Normalmente, para agilizar essa parte da manutenção do condomínio, é contratada uma empresa que fica responsável pela instalação, atendimento, suporte e substituição dos aparelhos de interfone e controles de acesso.

Como posso ajudar? Caso perceba irregularidades no uso dos interfones, portões e controles de acesso, reportar imediatamente ao síndico.

  • Elevadores

A não manutenção dos elevadores pode colocar em risco a vida dos moradores do condomínio. Evidentemente, quanto mais moderno for o elevador, mais dispositivos de segurança ele contém. Porém se a manutenção do condomínio não estiver em dia e o elevador há muito tempo sem inspeção, os sistemas de segurança podem ficar comprometidos.

Como posso ajudar? Fique atento a barulhos diferentes no funcionamento do elevador, às travas de segurança das portas e ao tempo de viagem.

  • Gás

São comuns as histórias de acidentes graves devido a vazamentos de gás dentro de casas e apartamentos. Para evitar incidentes deste tipo, é recomendada a inspeção anual em todas as unidades.

Como posso ajudar? Atenção com os dutos de gás dentro de casa e à conta de gás. Caso identifique uma diferença considerável, faça inspeção na sua casa e comunique imediatamente o síndico.

  • Bombeiros

Extintores, mangueiras, alarmes, placas de sinalização nas áreas comuns, saídas de emergência, entre outros equipamentos. Estes são os itens inspecionados pelo Corpo de Bombeiros que deve emitir o AVCB constatando que os equipamentos de segurança e contenção de fogo estão aptos para uso.

Como posso ajudar? Verifique a data da última inspeção no quadro de avisos do condomínio ou nos adesivos colados nos extintores.

  • Sistema elétrico

Outro item de extrema importância são os circuitos elétricos do condomínio. Fio terra, sistema de aterramento e mau contato devem ser inspecionados semestralmente por empresa habilitada.

Como posso ajudar? Reportar caso identifique qualquer irregularidade na rede elétrica.

  • Caixa d’água

Deve-se realizar a limpeza anual por um profissional especializado. Este procedimento de manutenção do condomínio é obrigatório, tendo em vista que qualquer a falta de manutenção ou manutenção inadequada pode afetar todos os apartamentos levando água suja pelas tubulações.

Como posso ajudar? Caso identifique baixa qualidade na água, reportar imediatamente aos responsáveis.

  • Para-raios

A manutenção dos para-raios deve estar na lista de prioridades na manutenção do condomínio e deve ser providenciada pelo síndico. A inspeção deve ser realizada por uma empresa habilitada e que emita um laudo e um certificado ART (Anotação de Responsabilidade Técnica)

  • Sistemas de segurança

Alarmes, cercas de segurança e circuitos fechados de câmeras devem ser verificados periodicamente. O mal funcionamento de um desses itens pode comprometer a segurança do condomínio.

Quer saber mais sobre sistemas de segurança? Leia nossos outros artigos em nosso blog e entre em contato conosco!


Indique um amigo à Peter Graber e ganhe prêmios

By Comentários desativados em Indique um amigo à Peter Graber e ganhe prêmios


É isso mesmo! A cada amigo que você indicar e contratar um serviço Peter Graber conosco você ganha prêmios como passagens aéreas, eletrônicos, créditos para celular e muito mais!

Além dos nossos mais de 35 anos de experiência, nos preocupamos em prestar um serviço transparente, de qualidade e com constantes inovações. Assim, acompanhamos o fluxo do mercado, a constante expansão tecnológica e sempre oferecemos o que há de mais novo em tecnologia da segurança.

Dessa vez, a Peter Graber vem comprovar sua seriedade e profissionalismo fazendo parceria com grandes marcas para presentear nossos melhores clientes. Basta indicar um amigo para nós que o resto nós fazemos. se o amigo fechar negócio, quem ganha é você!

Como funciona?

Continue a leitura do artigo e fique por dentro do passo a passo da promoção.

Como participar?

  • Cadastre-se nos links específicos do produto que você indicou: Monitoramento de Alarmes ou Portaria Remota.
  • Insira os dados da pessoa que você está indicando no menu Contato.
  • Os dados necessários são: nome do condomínio, endereço do condomínio, nome do síndico, telefone e e-mail.
  • Se a pessoa indicada contratar um de nossos serviços, você ganha pontos!
  • São 100 pontos para cada serviço de monitoramento de alarme contratado e 500 pontos para cada portaria remota.

O que eu faço com os pontos obtidos?

Você pode trocar esses pontos por:

  • Produtos nas principais lojas Extra e FastShop
  • Pagamento de boletos
  • Passagens aéreas
  • Recarga de celular

Também é possível trocar os pontos no programa Multiplus!

Lembre-se: quanto mais indicações, mais pontos você ganha. Participe!

Para conhecer melhor sobre os serviços Peter Graber, acesse o nosso site, leia os artigos do nosso blog e entre em contato. Nossa equipe especializada vai esclarecer todas as suas dúvidas. Conte conosco!

Portaria Remota | Peter Graber