Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota Peter Graber

BLOG

Evite o roubo de seu smartphone!

Autor: Sem comentários

Infelizmente, bandidos estão sempre em busca de pessoas distraídas e despreparadas para praticar o furto de celulares.

  1. O que não é visto, não pode ser furtado

Muitas pessoas têm o costume de andar com o celular na mão enquanto checa as redes sociais, mas, em ruas muito movimentadas, isso pode ser perigoso: a maioria das abordagens acontece quando o bandido passa correndo ao lado da vítima e arranca o aparelho de suas mãos, a deixando sem reação. É preciso, também, tomar cuidado em restaurantes e bares movimentados: jamais deixe seu celular sobre a mesa ou balcão. Às vezes, o furto acontece sem que você sequer perceba.

  1. Ao atender ligações, prefira lugares fechados

Caso você precise atender uma chamada de emergência enquanto transita por uma via pública, prefira fazer isso em algum estabelecimento comercial. As chances de você ser assaltado em uma loja, supermercado ou Shopping Center são bem menores.

  1. Cuidados no transporte coletivo

Ao andar de ônibus, evite usar o celular quando estiver sentado próximo a uma janela com os vidros abertos, uma mão sorrateira pode invadir o veículo e furtar o aparelho facilmente. Quando estiver viajando em pé, o ideal é não carregar o celular no bolso de trás da calça porque, com o movimento das pessoas, você pode nem perceber que chegou ao seu destino com um objeto a menos.

  1. Antecipe a abordagem

Sabe aquele celular antigo que todo mundo tem em casa? Ele pode ser bastante útil! Se souber que vai para algum lugar com alto índice de assaltos, é só colocar ele na bolsa e, caso haja a abordagem, basta entregar o aparelho antigo para o assaltante. Dessa forma, o prejuízo será bem menor.

  1. No trânsito

Jamais deixe seu celular à mostra no interior de algum veículo estacionado, assaltantes podem quebrar o vidro do carro para afanar o aparelho, o que te deixa com um prejuízo duplo. Além disso, falar ao celular no trânsito, além de ser crime e perigoso, pode aumentar o risco de assalto em vias públicas.

  1. Não acredite na sorte

Muitas pessoas são assaltadas porque não tomam providências de prevenção, acreditam que isso nunca vai acontecer com elas. Mas, com a atual situação nas grandes cidades, é preciso pensar em segurança. Invista em aplicativos que podem rastrear seu celular em caso de furto e apagar os dados logo após a ocorrência. Alguns aparelhos vêm com sistemas de segurança que os tornam inutilizáveis através de uma assistência remota. É importante, também, fazer um backup do aparelho sempre que possível porque, dessa forma, seus arquivos não serão comprometidos em caso de furto.

Como manter a segurança das crianças na escola?

Autor: Sem comentários

As crianças passam cada vez mais tempo na escola. Embora a incidência de acidentes graves seja menor do que no trânsito ou em casa, não dá para arriscar.

As crianças passam cada vez mais tempo na escola. Embora a incidência de acidentes graves seja menor do que no trânsito ou em casa, não dá para arriscar. O desafio a ser superado é estimular com segurança. Afinal, correr e brincar fazem parte do desenvolvimento.

Área externa

O lugar mais propício aos acidentes é o playground. Por isso, verifique se os equipamentos da escola do seu filho seguem as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas e Técnicas). Uma delas é a barreira de segurança em torno dos balanços. Elas servem para impedir que as crianças ao redor passem correndo e sejam atingidas pelos brinquedos em movimento. Outra medida importante diz respeito ao piso dos parquinhos e das quadras esportivas. Devem ser de areia fofa, grama ou emborrachado, para absorver o impacto.

Área interna

O espaço interno também precisa de adaptações. No caso dos menores, por exemplo, as cadeiras e as pias devem ter a altura adequada para garantir que as crianças se movimentem com autonomia e segurança. As escadas também podem oferecer riscos. O ideal é que até os 4 anos de idade, as crianças só andem dentro da escola acompanhadas por adultos. As janelas, assim como em casa, precisam de grades de proteção.

As medidas de segurança de casa, em geral, devem ser transferidas para a escola. Isso inclui também ensinar as crianças a respeitar os colegas, pois um empurrão de brincadeira pode causar um machucado grave, e a cuidar de si mesma. Noções e valores que, obviamente, são aprendidas com o tempo. Por isso, a supervisão de um adulto deve ser constante.

Mesmo com todos os cuidados, é impossível garantir que seu filho nunca vá voltar para casa com um arranhão. Por isso, outra característica importante é a qualidade dos primeiro-socorros. A escola deve ter pessoas treinadas para lidar com qualquer tipo de emergência, de engasgos a torções. Uma escola segura é um misto de adaptação, orientação e supervisão.

Dicas de Segurança Residencial – Saiba como se prevenir

Autor: Sem comentários

A tendência do momento é o furto durante o dia, entre 07h30 e 10h e entre 13h e 16h, horário em que normalmente os moradores estão fora de casa.

O número de furtos a residências vêm aumentando a cada dia, por isso vamos passar algumas dicas e observações básicas de segurança que podem contribuir muito com sua prevenção, se seguidas no dia a dia.

A tendência do momento é o furto durante o dia, entre 07h30 e 10h e entre 13h e 16h, horário em que normalmente os moradores estão trabalhando, estudando, ou mesmo viajando. Para a prática do furto, normalmente, há um planejamento prévio dos bandidos para levantarem informações sobre a rotina dos moradores, como: horário em que normalmente estão ausentes da casa, tipos de bens que poderão encontrar, etc. Mas como se prevenir? Confira:

  • Ao contratar qualquer serviço em sua residência, informe-se com antecedência sobre a idoneidade da empresa ou pessoa que irá prestar o serviço;
  • Garanta que alguém acompanhe o serviço, mesmo que este seja apenas na área externa da residência;
  • Se o serviço contratado exigir a necessidade de acesso ao interior da residência, por precaução, oculte objetos de valor que possam chamar a atenção;
  • Fique atento às construções e reformas próximo a sua residência;
  • Ao adquirir um novo bem para sua casa (TV, DVD, SOM, etc.) não deixe a caixa do produto exposta no lixo da rua: corte-a em pedaços pequenos e coloque dentro do saco de lixo;
  • Fique atento com pessoas estranhas que estejam rondando a vizinhança;
  • Na medida do possível, procure manter a campainha desligada ao se ausentar por um período longo de tempo da sua residência;
  • Não jogue no lixo qualquer tipo de documento que contenha informações que o identifique (conta de água, luz, telefone, envelopes de correspondências onde conste seu nome completo, etc.) ou mesmo que contenham informações sobre seus hábitos (fatura de cartão de crédito, notas fiscais, comprovante de pagamento com cartão, etc.);
  • Evite limpar a área externa (calçadas) com o portão aberto, estando só e em horários de pouco movimento.

Para estar seguro basta pensar seguro. A mudança de comportamento, é essencial para fazermos segurança.

Segurança dos pets na sua casa

Autor: Sem comentários

Com os avanços tecnológicos na área de segurança, hoje existem sistemas que permitem monitorar os pets 24 horas por dia.

Os pets são considerados os melhores amigos do homem e, para muitos, os bichinhos são indispensáveis para dar alegria e vida ao lar, além de fazer uma ótima companhia para a família. E é por esse motivo que não podemos nos esquecer de vigiar os nossos animais quando pensamos na segurança do lar. Afinal, nem sempre podemos estar presentes para oferecer proteção.

Com os avanços tecnológicos na área de segurança, hoje existem sistemas que permitem monitorar os pets 24 horas por dia, por meio de câmeras e alarmes acionados à distância, por exemplo. Esses sistemas de segurança são pensados justamente para pessoas que têm animais em casa, com tecnologias que permitem até mesmo diferenciar movimentos dos pets e de qualquer intruso.

Os perigos para os animais de estimação

Não importa se você tem cães dóceis ou mais ameaçadores. A verdade é que, para as pessoas malintencionadas, é muito fácil enganá-los. Infelizmente, existem casos em que os ladrões usam soníferos ou até mesmo veneno para conseguir deter os bichinhos e invadir a casa. Os pets, indefesos, podem pagar um preço muito alto pela falta de segurança do lar.

Por esse motivo, é fundamental que o sistema de segurança da casa nos ajude não só a monitorar o imóvel, como também os animais — que muitas vezes acabam ficando sozinhos na casa, principalmente quando os moradores pretendem viajar.

Os pets e a segurança da casa

Hoje, existem sistemas que dedicam uma atenção especial aos pets. Eles fornecem, por exemplo, câmeras de vigilância para acompanhar os bichanos, estejam eles em ambientes externos — como os quintais — ou em ambientes internos — como na cozinha ou no quarto.

Com ajuda de aparelhos como notebooks, smartphones e tablets, é possível fazer o monitoramento do animal de estimação durante 24 horas por dia, tudo por meio da internet. Essa tecnologia é uma ótima solução, pois o dono não é obrigado a estar presente na casa. Caso alguma ameaça ao animal seja apresentada, é possível disparar o alarme à distância, evitando quaisquer problemas mais graves.

Como vocês cuidam da segurança dos seus animais de estimação? Contem para gente!

Mantenha a limpeza e segurança em seu condomínio!

Autor: Sem comentários

As áreas comuns do condomínio são de todos, e do mesmo modo que desfrutamos desse espaço, devemos também cuidar e preservá-lo.

As áreas comuns do condomínio são de todos, e do mesmo modo que desfrutamos desse espaço, devemos também cuidar e preservá-lo! Confira dicas para manter a limpeza e a segurança no seu condomínio:

  1. Não jogue lixo no chão! Seja civilizado, o condomínio tem diversas lixeiras espalhadas pela áreas comuns. Essa atitude evita sujeira e acidentes que podem ser causados como escorregões e problemas com insetos atraídos pelo lixo;
  1. Não jogue nada pela janela. além de anti-higiênico, uma bituca de cigarro arremessada, por exemplo, pode causar um incêndio em uma cortina ou queimar alguém;
  1. O lixo das unidades só deve ser colocado para fora nos horários combinados. Dessa forma, a área comum, ou os corredores não ficam exalando mau cheiro;
  1. Familiares e empregados devem ser orientados a colaborar com a limpeza e segurança das áreas comuns, seguindo as regras estabelecidas pelo condomínio;
  1. As regras de uso das áreas comuns como Salão de Festas e Piscina devem ser respeitadas. Não deixe lixo ou bagunça para trás esperando que os funcionários do condomínio deixem o local arrumado;
  1. Seja cordial com seus vizinhos e com os funcionários do condomínio. Dessa maneira evita-se atritos e confusões desnecessárias, fazendo com que o clima de convivência seja sempre harmonioso;
  1. Transporte seus animais sempre na coleira para evitar acidentes indesejados como correr o risco de fazerem necessidades em locais proibidos ou assustarem pessoas ou crianças que têm medo de animais;
  1. Não acumule entulho ou lixo em sua vaga de garagem. Essa atitude pode provocar acidentes na hora de manobrar os carros dentro do recinto;
  1. Cuide da manutenção do seu carro para que não vaze óleo. Essa é outra atitude que pode ajudar a prevenir acidentes desnecessários na garagem.

Seguindo essas dicas a convivência no condomínio torna-se muito mais segura e amigável para todos!

Confira as soluções que a Peter Graber tem para ajudar a manter a segurança em seu condomínio

Usando a tecnologia a favor da segurança

Autor: Sem comentários

A utilização da tecnologia nos serviços de segurança é uma reflexo da sociedade contemporânea.

A aplicação da tecnologia em serviços de segurança do nosso dia a dia é muito evidente, câmeras, alarmes, cercas elétricas, sensores de movimento e demais dispositivos eletrônicos de vigilância são os maiores exemplos de como essa informatização esta incrustada em nosso cotidiano. Essas tecnologias a cada ano ficam mais acessíveis, em um futuro próximo é bem provável que elas passem a fazer parte de todas as camadas sociais.

A utilização da tecnologia nos serviços de segurança é uma reflexo da sociedade contemporânea, essa utilização abrange uma grande variedade de ferramentas que utilizam a tecnologia com forma de vigilância, combate ou prevenção de crimes ou ataque de qualquer natureza. Os serviços de defesa das maiores potências do mundo se utilizam da tecnologia como instrumento para a manutenção da sua soberania.

No que diz respeito à soberania nacional, a tecnologia é empregada em uma infinidade de casos: nas tecnologias de defesa aérea, na fabricação de misseis de alta precisão, no monitoramento de atividades criminosas, no combate ao ciberterrorismo, na vigilância nas regiões de fronteira, na interceptação de conversas de indivíduos de alta periculosidade entre outras aplicações.

Conheça as soluções da Peter Graber que unem tecnologia e segurança para atender seus clientes com 100% de satisfação!

Dicas para se manter seguro na Internet

Autor: Sem comentários

A internet tornou-se uma verdadeira extensão da vida real, onde pessoas compartilham informações, fazem compras, pagam contas, conhecem outras pessoas, trabalham e têm seus momentos de lazer.

A internet tornou-se uma verdadeira extensão da vida real, onde pessoas compartilham informações, fazem compras, pagam contas, conhecem outras pessoas, trabalham e têm seus momentos de lazer. Em um mundo cada vez mais digitalizado, os golpes e fraudes têm se estendido, também, para esse ambiente, por isso, preparamos essas 8 dicas para garantir sua segurança online. Confira:

  1. Se a oferta é muito boa, desconfie!

Apareceu algum produto com desconto inacreditável ou um brinde de uma promoção que você sequer participou? Desconfie. Muitos usuários maliciosos usam propostas tentadoras para atrair pessoas inocentes e espalhar malwares e vírus. Alguns desses golpes chegam a solicitar dados pessoais, o que torna a situação ainda mais perigosa. Evite clicar em anúncios suspeitos, com mensagens muito chamativas ou que levem para sites com URLs extensas e estranhas.

  1. Invista em um antivírus

Muitas pessoas optam por utilizar um programa de antivírus gratuito, porém, essa técnica não possui eficácia alguma. O ideal é optar por um software pago e mantê-lo sempre atualizado porque, dessa forma, o programa estará sempre ciente dos novos tipos de vírus que estão sendo criados.

  1. Cuidado com e-mails suspeitos

A maioria dos golpes acontece por e-mail, onde bandidos enviam arquivos infectados por vírus ou utilizam outros meios para roubar dados bancários e informações pessoais. Jamais baixe arquivos enviados por desconhecidos, empresas suspeitas ou arquivos executáveis (com extensões .exe, .bat ou .zip). Uma forma clássica de golpe é aquele que imita um e-mail do seu banco, geralmente solicitando uma atualização de dados como o número do cartão de crédito ou a senha do internet banking.

  1. Internet Banking

A facilidade de checar o saldo e realizar transações também pode causar muita dor de cabeça. Jamais acesse o seu internet banking de computadores públicos (como em lan houses ou bibliotecas) ou de outras pessoas, prefira sempre o seu computador, celular, tablet ou notebook pessoais. Também é importante evitar fazer esse tipo de acesso utilizando redes wi-fi públicas que não possuem senhas.

  1. Redes sociais

Compartilhar conteúdos com seus amigos nas redes sociais é sempre divertido, porém, é preciso tomar cuidado com informações muito pessoais como: telefone, endereço ou locais que você sempre frequenta. Para quem tem filhos, a atenção precisa ser redobrada: evite divulgar dados como a escola onde a criança estuda ou outras informações que podem facilitar a ação de criminosos.

  1. Cuidado com as senhas

Jamais utilize senhas que entreguem uma sequência (como 1234, abcd, qwerty), com palavras do dicionário, números de telefone ou que estejam diretamente relacionadas a seus gostos pessoais. O ideal é pensar em uma senha com mais de oito caracteres e que combine letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Lembre-se, também, de não utilizar a mesma senha para vários sites e alterá-las periodicamente.

  1. Atenção para a webcam

Uma das formas mais assustadoras de invasão é aquela que acontece pela webcam. Hackers são capazes de controlar esse dispositivo com facilidade e podem observar a vida da vítima sem que ela sequer desconfie. O ideal é manter uma fita sobre a webcam quando ela não está sendo usada e tomar todas as precauções para que você não seja vítima desse tipo de atividade criminosa.

  1. Cuidado na hora das compras

Antes de finalizar uma compra ou fornecer dados importantes para uma loja on-line, é importante sempre checar a sua reputação em sites como o Reclame Aqui. Lá, você saberá se a loja realmente entrega no prazo estabelecido, se os produtos não apresentam defeitos ou, na pior das hipóteses, se o site não se trata de um golpe. Muitos criminosos se disfarçam de sites de e-commerce para coletar dados como números de cartão de crédito ou apenas enganar o consumidor.

Gostou das nossas dicas? É sempre bom se manter informado e atento para esses golpes realizados através da internet!

Cuide da segurança das crianças dentro da sua própria casa!

Autor: Sem comentários

Dentro de casa você sente a segurança de que seus filhos estão protegidos? Pois saiba que ali também há inúmeros perigos

Dentro de casa você sente a segurança de que seus filhos estão protegidos? Pois saiba que ali também há inúmeros perigos: da cozinha à lavandeira, nenhuma parte está livre de acidentes! Confira algumas dicas para tornar sua casa mais segura para os pequenos em cada cômodo:

  1. Cozinha

– Deixe o bujão de gás do lado de fora;

– Prefira as “bocas” (queimadores) de trás do fogão. Além disso, os cabos de panelas devem ser virados para dentro e para trás;

– Proteja as tomadas e recolha os fios dos eletrodomésticos;

– Os materiais de limpeza deve estar em suas embalagens originais e fora do alcance das crianças, em armários altos e trancados;

– Fósforos e isqueiros também devem ser armazenados com cuidado, isto é, em locais altos e trancados;

– A mesma regra vale para os objetos cortantes (garfos, facas, copos de vidro, espetos, etc.), que devem ser armazenados em gavetas e armários com travas.

2. Banheiro

– Mantenha o piso seco e use tapetes antiderrapantes;

– Cosméticos, medicamentos e aparelhos elétricos devem ser mantidos em armários trancados, longe do alcance das crianças;

– Se houver aquecedor a gás no banheiro, mantenha o espaço sempre ventilado. Além disso, o aparelho precisa de manutenção periódica;

– Aparelhos elétricos não devem ser mantidos nas tomadas após o uso, mesmo que desligados;

– As tampas dos vasos sanitários devem ser mantidas fechadas e travadas.

3. Quarto das crianças

– Prefira móveis de cantos arredondados;

– As camas devem ter proteções laterais e os espaços entre as grades têm de ser de 5 a 7 cm para evitar que cabeça se prenda entre elas;

– Depois das brincadeiras, os brinquedos têm de ser guardados para evitar quedas e tropeços;

– Para evitar asfixia, prenda os cobertores e lençóis nos “pés” da cama;

– Posicione os móveis longe das janelas;

– Coloque protetores nas tomadas;

– As janelas devem ter grades ou redes de proteção.

4. Quarto do adulto

– Não se deve fumar na cama, por causa do risco de incêndio;

– As tomadas devem ter protetores e os fios têm de ser curtos, como no resto da casa;

– Televisões e outros aparelhos devem ser colocados sobre móveis estáveis;

– Evite usar a mesma tomada para dois ou mais eletrodomésticos;

– Guarde remédios, perfumes e cosméticos em armários altos e trancados.

5. Sala de estar

– Bebidas alcoólicas exigem os mesmos cuidados do que os medicamentos, ou seja, têm de ser guardadas em armário alto e trancado;

– Aparelhos eletrônicos, por causa do risco de choque e queimadura, devem ser mantidos fora do alcance das crianças, com fios curtos e presos;

– Prefira móveis de cantos arredondados;

– Evite ter portas de vidro na casa. Se tiver, sinalize-as;

– As cortinas não devem ter puxadores, pois há risco de enforcamento;

– Por último, tenha sempre à mão telefones de emergência.

6. Corredores e escadas

– Os corredores devem ser iluminados, de dia e à noite, com piso antiderrapante, sem tapetes e outros objetos que atrapalhem a circulação;

– Nas escadas, use grades ou portões de proteção no topo e na base.

7. Lavanderia e áreas externas

– Nas janelas, grades de proteção são obrigatórias;

– A piscina deve ter cerca ou grade de proteção (com portão trancado), lona de cobertura e alarme;

– Para proteger seu filho contra intoxicações no jardim, informe-se sobre as espécies de plantas venenosas mais comuns;

– Pesticidas, herbicidas e outros produtos tóxicos que costumam ser armazenados na garagem devem ser trancados;

– Jamais utilize ou armazene álcool líquido em casa;

– Mantenha baldes e bacias vazios, em local alto;

– O tanque de roupas deve ter fixação adequada. Além disso, evite deixá-lo cheio de água.

Dia Nacional de Prevenções de Acidentes de Trabalho

Autor: Sem comentários

Hoje é comemorado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho.

Hoje é comemorado o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho. Essa data foi escolhida para conscientizar e lembrar as pessoas da importância de estarem sempre seguras e protegidas na hora de

Acidentes podem acontecer a qualquer um e em qualquer lugar, mas no trabalho, prevenção e segurança são essenciais para o sucesso em qualquer área e a qualquer hora.
desempenhar suas tarefas no trabalho seja qual for a profissão.

E pra mostrar que o Brasil preza pela segurança dos trabalhadores, fomos o primeiro país a ter um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 funcionários, essa iniciativa aconteceu a partir do decreto do dia 27 de julho de 1972, feito pelo então ministro do trabalho Júlio Barata.

Segundo o site da Organização Internacional do Trabalho (OIT), os acidentes do trabalho são a causa da morte de dois milhões de pessoas por ano. Esses números representam mais mortes do que as ocasionadas pelo uso de drogas e álcool juntos. Somados a esses números, são registrados em média quase 270 milhões de acidentes não fatais e 160 milhões de novos casos de doenças ocupacionais.

Cabe principalmente as empresas fornecerem equipamentos e condições seguras de trabalho para seus funcionários. Mas a garantia de um trabalho seguro depende também da responsabilidade dos trabalhadores, seguindo as regras determinadas que garantam a prevenção de acidentes.


É importante  garantir a saúde e bem-estar dos funcionários, fornecendo esses subsídios para um trabalho digno e seguro, garantindo assim que o Brasil tenha ambientes saudáveis e seguros para os milhões de trabalhadores.

10 dicas de segurança para o seu condomínio

Autor: Sem comentários

Para não comprometer a segurança do condomínio, algumas atitudes podem ser tomadas.

Para não comprometer a segurança do condomínio, algumas atitudes podem ser tomadas. O síndico, os funcionários e os moradores podem adotar medidas preventivas, para que algumas situações de risco possam ser evitadas no dia a dia. Confira 10 dicas de segurança para adotar em seu condomínio:

  1. Segurança eletrônica para condomínios

É fundamental o uso correto dos equipamentos de segurança eletrônica. Tão essencial quanto ter funcionários treinados para a função de vigilantes.

  1. Controle de entrada de visitantes ao condomínio

É um momento que exige atenção e identificação. Sempre manter o portão fechado para qualquer pessoa estranha, que não se identifique corretamente, ou que não seja aguardada pelo morador. Isso serve para entregadores e prestadores de serviço também.

  1. Guarita

Deve servir como segurança e garantir a integridade física do funcionário que está exposto aos riscos, servindo como escudo do condomínio.

  1. Contratação de funcionários do condomínio

Sempre que for preciso contratar funcionários, exigir antecedentes e referência. Considerar a capacitação do profissional para a função exercida.

  1. Procedimentos de emergência

Em caso de pânico, ou emergência, o ideal é ter sempre telefones úteis por perto.

Condôminos e porteiros podem criar uma senha, para situações de risco. Por exemplo, em caso de ser rendido em seu veículo, por um criminoso, o morador pode fazer uso da senha para alertar ao porteiro a situação.

  1. Contratação de funcionários dos condôminos

Ao contratar funcionários, o morador deverá solicitar antecedente e referências também. E avisar ao síndico, para que o mesmo providencie identificação e permitir a entrada do mesmo.

  1. Seja discreto na frente dos funcionários

Evite falar de seus bens, ou de suas finanças, na presença de um funcionário, seja seu ou do condomínio. Principalmente se tiver filhos.

  1. Chaves do apartamento

Nunca deixe a chave do apartamento na portaria ou com funcionários, a não ser que o mesmo seja de sua inteira confiança.

  1. Garagem do condomínio

Seu veículo, ainda que esteja na garagem do seu condomínio, deve ficar sempre com o alarme ligado, vidros e portas fechadas. Não esquecer pertences, objetos ou pacotes, à vista.

  1. Instalação de equipamentos de segurança

Se você morar no térreo, primeiro e segundo andar pode redobrar a segurança instalando alarmes e grades nas portas e janelas. Usar interfone para manter a comunicação com a portaria e instalar olho mágico na porta do apartamento.

Para colocar em prática, no dia a dia, as dicas de segurança para o condomínio, é preciso estar sempre atento em detalhes e movimentações estranhas.