Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota | Peter Graber

Monitoramento Comercial

7 dicas para reforçar a segurança de lojas para o fim de ano

By Comentários desativados em 7 dicas para reforçar a segurança de lojas para o fim de ano

Com a proximidade do fim do ano é essencial ficar de olho e reforçar a segurança de lojas para proteger seu patrimônio. Afinal, é uma época que aumenta consideravelmente o fluxo de consumidores, criando um cenário perfeito para pessoas com más intenções circulares e aprenderem sobre o dia a dia de comércios.

Além disso, devido a esse volume extra de pessoas também aumentam as chances de erros e distrações das equipes, podendo dar brecha a ações criminosas. Lembre-se de que o caixa não é o único visado. Clientes, estoque e equipamentos são altamente atrativos e, muitas vezes, alvos fáceis.

Por isso, listamos as melhores dicas para reforçar a segurança de lojas especialmente neste final de ano. Confira!

Dicas para reforçar a segurança de lojas no fim de ano

#1 Monitoramento de alarmes com imagens

Um bom sistema de alarme com imagens é requisito básico para reforçar a segurança de lojas. Com este recurso de monitoramento comercial, inúmeras atividades criminosas chegam a ser inibidas, frente a possibilidade de identificação ou intervenção de profissionais para evitar o crime.

E, mesmo que o sistema não consiga inibir a ação, serve como prova e possibilita uma melhor investigação do ocorrido. Na hora do posicionamento das câmeras, selecione pontos estratégicos e tente cobrir, o máximo possível, a área completa do local, evitando assim pontos cegos.

#2 Notificação de abertura e fechamento para segurança de lojas

Outro recurso poderoso e que ajuda a reforçar a segurança de lojas é a notificação de abertura e fechamento do estabelecimento. Como citamos acima, devido ao fluxo intenso de fim de ano, muitas brechas podem surgir e acabar facilitando um crime.

Por isso, com a notificação de abertura e fechamento você controla em tempo real essa informações e questionar a equipe imediatamente frente a uma movimentação suspeita.

#3 Relatórios de arme e desarme do alarme

Seguindo a mesma lógica da notificação de abertura e fechamento, o ideal é você ter um controle sobre o arme e desarme do alarme. Com um bom relatório, é possível identificar alguém que tenha esquecido de armar, por exemplo, ou saber, imediatamente, se ele foi desarmado em um horário incomum.

Com essa ferramenta, sua loja fica ainda mais segura e você consegue uma geração poderosas de provas caso seja necessário.

#4 Monitoramento de acesso para segurança de lojas

Para lojistas é essencial o investimento em bom sistema de monitoramento, principalmente do acesso ao local. O que isso significa? Maior controle e tranquilidade quanto a quem está entrando, principalmente se há outras fontes de acesso além da utilizada pelo público para entrar no estabelecimento.

Assim como nos casos anteriores, consegue inibir fortemente pessoas com intenções criminosas ou ainda funcionar como acervo de provas caso algo, de fato, venha a acontecer.

#5 Botão do pânico

Um botão do pânico é uma ferramenta, normalmente, integrada aos sistemas anteriores. Eles são ideais para reforçar a segurança de lojas e daqueles pontos como citamos: caixas, clientes ou estoque. Em todos estes locais, o profissional responsável poderá, sem alarde, informar a autoridades que algo de errado está ocorrendo no interior da loja.

Em outros casos, é possível ainda utilizar um botão móvel em smartphones, por exemplo, que cumprem a mesma função e tornam a segurança mais dinâmica nas mãos dos funcionários.

#6 Evite acumular dinheiro na loja 

Uma das maiores medidas de segurança quanto ao patrimônio financeiro da sua loja é, jamais, manter grandes quantias guardadas no interior do estabelecimento. Normalmente, o ideal é que o banco recolha, ou você faça esse transporte, com frequência e sem rotina, pois esse tipo de movimentação costuma chamar bastante a atenção de criminosos. 

Outra saída é utilizar cofres ou gavetas com chave, jamais em locais óbvios demais. No caixa, deixe apenas o necessário para a operação do dia. 

Essa é uma estratégia simples e bastante comum, mas deve ser lembrada pois algumas vezes pode ficar em segundo plano e, neste momento, algo acontecer. Nunca deixe para depois, pois pode estar comprometendo a sua renda e tornando a loja um alvo fácil, principalmente durante o fim de ano.

#7 Controle biométrico

Para quem busca reforçar medidas de segurança como o monitoramento de acesso, notificações de alarme e abertura, por exemplo, uma sugestão é o controle biométrico de funcionários e colaboradores.

Apesar desta ser uma solução interna, que irá impactar somente os funcionários, ela é um reforço de todo o contexto de segurança acima, pois fornece mais uma ferramenta de controle de acesso e saída dos prédios.

Por ser altamente tecnológico, acaba evitando quase que a totalidade de fraudes possíveis e não libera a passagem de pessoas não autorizadas, garantindo a segurança de lojas e pessoas.

Quer saber mais sobre estes recursos que poderão reforçar a segurança de lojas? Entre em contato para que os especialistas da Peter Graber possam auxiliar você!

Política de Segurança Física: por que sua empresa precisa de uma urgente

By No Comments

Toda empresa que preza pela segurança do seu pessoal e dos seus bens deve ter uma Política de Segurança Física. Mas você sabe o que é uma Política de Segurança Física e quais são os seus benefícios para empresas?

Esse é um conceito que envolve muitos elementos, incluindo pessoas que irão circular pelo local e também os bens que integram a empresa, seja de forma direta ou indireta. Uma Política de Segurança Física bem desenvolvida é um dos grandes segredos para se ter uma melhor segurança física tanto para a empresa em si quanto para os funcionários, visitantes e prestadores de serviço que poderão frequentar o local.

No post de hoje vamos explicar o que é a Política de Segurança Física e como ela poderá ser aplicada na sua empresa, garantindo um ambiente mais seguro. Confira!

O que é uma Política de Segurança Física?

A Política de Segurança Física envolve princípios, diretrizes e responsabilidades que são registradas em padrões formais com o a intenção de orientar sobre os compromissos com a segurança física visando a proteção e integridade física tanto das pessoas que circulam pela empresa quanto do patrimônio da mesma.

Esse é um documento elaborado com o intuito de oferecer segurança não só para o pessoal e instalações da empresa. Ele também engloba a segurança de informações da empresa e eventos externos.

Com uma boa Política de Segurança Física são estabelecidas orientações efetivas para que todos possam trabalhar no seu compromisso com a segurança, garantindo um ambiente mais tranquilo e menos exposto a vulnerabilidades causadas por falhas de segurança.

A Política de Segurança Física deve ser completa e não focar em apenas um aspecto, mas sim na empresa como um todo. Por isso a sua elaboração deve ser feita com cautela, de preferência com o auxílio de profissionais experientes em segurança empresarial.

Objetivos da Política de Segurança Física

A Política de Segurança Física tem como principais objetivos:

  • poder evidenciar a visão e o comprometimento da direção da empresa com a segurança física das pessoas e bens da mesma;
  • possibilitar que medidas de segurança compartilhadas e integradas possam ser colocadas em prática, oferecendo assim os fundamentos para a gestão da segurança patrimonial;
  • definir princípios e diretrizes, delegar atribuições e responsabilidades, e servir como base em auditorias, apurações e avaliações de responsabilidades.

Diretrizes da Política de Segurança Física

As diretrizes da Política de Segurança Física variam de acordo com as características e necessidades de segurança de cada corporação. Mas existem alguns princípios básicos que sempre devem ser levados em consideração na hora de elaborar o documento. A seguir vamos falar um pouco sobre as principais diretrizes de uma Política de Segurança Física.

  • A empresa deve ter as suas instalações protegidas de acordo com o valor e sensitividade dos ativos contidos no seu interior, nunca deixando de lado a competitividade e continuidade em sua área de atuação.
  • O acesso físico à empresa deve ter a segurança reforçada por um sistema integrado que pode ser composto por barreiras físicas, recursos humanos contratados, com treinamento e equipamentos adequados e sistemas de segurança eletrônica.
  • A acesso físico às instalações da empresa também deve ser controlado por um sistema de segurança integrado, incluindo procedimentos externos e sistemas de segurança que ajudam no controle e autorização da entrada de pessoas na instalação.
  • Somente pessoas autorizadas e devidamente identificadas com crachá poderão permanecer dentro das instalações da empresa. Quem se recusar a se submeter aos procedimentos de identificação pode ter acesso negado.
  • Todo acesso de visitantes deve ser monitorado. Apenas policiais ou profissionais da área de segurança em exercício podem adentrar o local portando armas de fogo.
  • O departamento de segurança patrimonial deve fazer um controle rigoroso de tudo que entrar ou sair da empresa, seja pessoas, veículos ou até mesmo encomendas. Para o máximo de segurança, recomenda-se um controle de todos os produtos armazenados no local.
  • As chaves e fechadoras de armários, portões, gavetas e cofres devem estar sempre com a manutenção em dia. Essa manutenção deverá ser regulamentada através de procedimentos internos.
  • Tanto o trânsito quanto o estacionamento de veículos dentro da empresa devem estar de acordo com as normas de trânsito definidas pela legislação nacional e regras estabelecidas na política de segurança física.
  • Por fim, é de suma importância que todos os colaboradores estejam sempre atualizados sobre a política de segurança física. Os prestadores de serviços devem receber treinamento através de orientações e palestras sobre o assunto para que possam se adequar às normas de segurança.

Elaborando uma Política de Segurança Física

Na criação de uma Política de Segurança Física, a empresa deve sempre levar em consideração as metas a serem atingidas e conscientização de todos os profissionais envolvidos com os procedimentos. Seguindo essas normas de forma correta, a sua empresa se tornará muito menos exposta a problemas de segurança.

Para ter uma boa segurança física na sua empresa, entre em contato com a Peter Graber. A nossa empresa conta com especialistas experientes em segurança corporativa que poderão contribuir muito para a sua Política de Segurança Física através da monitoração eletrônica profissional.

Dicas de segurança para comércios durante o final de ano

By No Comments

O fim de ano é marcado por ruas e lojas cheias, pessoas saindo dos estabelecimentos com várias sacolas e muitas festas. Por um lado os comerciantes festejam o pico nas vendas, mas por outro lado é preciso estar atento, pois este é o cenário perfeito para os criminosos agirem. Mas existem formas de se prevenir e evitar prejuízos com roubos e furtos no final do ano. Leia hoje em nosso blog nossas principais dicas de segurança para comércios de rua durante o período de compras do final do ano.

 

Principais dicas de segurança para comércios:

As dicas que reunimos foram dadas por especialistas em segurança e podem ser aplicadas a qualquer tipo de comércio.

 

1 . Cuidados com o caixa e o dinheiro da loja

Escolha locais estratégicos para instalar o caixa da loja. Faça com que os criminosos tenham mais trabalho do que o imaginado para conseguir assaltar seu comércio. Especialistas recomendam deixar o caixa no fundo da loja, mas com ampla visão da porta e da vitrine.

Em relação ao dinheiro que entra no caixa nossa dica é que você ou o gerente não divulgue a existência de valores em espécie para ninguém. É importante que essa informação seja sigilosa pois nunca se sabe onde ela irá chegar. Procure sempre depositar esses valores em espécie no banco e manter uma quantidade mínima no estabelecimento.

 

2. Estabeleça uma comunicação com os funcionários

É importante que o gerente da loja tenha uma comunicação estabelecida com os funcionários. Crie um código com os funcionários. Pode ser uma frase, um gesto, um som, ou qualquer outro tipo de comunicação discreta que sirva como alerta para chamar a polícia ou indicar atitudes suspeitas de algum cliente.

Outra dica é nunca deixar a loja com apenas um funcionário, principalmente no horário de fechamento. O ideal é sempre ter no mínimo duas pessoas no estabelecimento, durante todo o horário de funcionamento.

 

3. Cuidado com as chaves do seu comércio

Tome cuidado com quem você deixa as chaves do seu estabelecimento. Certifique-se de deixar com uma pessoa responsável e de confiança.
Caso alguma chave de acesso ao estabelecimento se perca, troque a fechadura imediatamente, pois nunca se sabe onde a chave foi parar.

 

4. Equipamento de segurança dentro da loja

A Polícia Militar cuida do patrulhamento das ruas da cidade, mas da porta para dentro do estabelecimento, a responsabilidade é sua.
Uma das dicas para ter uma loja mais segura é manter o ambiente claro e visível. Coloque espelhos na loja onde possa haver pontos cegos e instale equipamentos de segurança na sua loja. O Monitoramento por Câmeras 24 horas da Peter Graber permite que você visualize as câmeras do seu estabelecimento em tempo real pelo seu celular. E, caso aconteça algum incidente, nossa central é avisada imediatamente e a Peter Graber envia uma viatura até o local. Para saber mais sobre o Monitoramento 24 horas clique aqui.

 

5. O que fazer caso seja vítima de um assalto

Se você for acometido por uma tentativa de assalto, a primeira coisa que você deve fazer é não reagir e manter a calma. Manter a calma vai te ajudar a lembrar das características do bandido para relatar à polícia. Procure não interagir ou mostrar resistência com o bandido, faça o que ele pede naquele momento. Quando um assaltante entra na loja armado para assaltar ele pode estar sob efeito de drogas ou com a adrenalina muito alta, podendo ser extremamente agressivo, por isso, para sua própria segurança, mantenha a calma.

 

Seguir essas dicas de segurança para comércios durante o final de ano vai aumentar a proteção do seu estabelecimento, dos funcionários e clientes, principalmente em uma época que as ruas e lojas ficam muito lotadas.

Para contratar sistemas de monitoramento comercial entre em contato com a Peter Graber.

Segurança no escritório: 5 medidas de segurança neglicenciadas

By No Comments

Se você é empresário dono de um escritório, ou se você gerencia e coordena um, sabe que frequentemente entram e saem pessoas do local. E mesmo que você oriente os funcionários dos procedimentos de segurança da empresa, muitas coisas importantes podem acabar sendo negligenciadas

Fizemos uma lista de 5 erros mais comuns de segurança no escritório para te ajudar a evitá-los.

 

Quais são os 5 erros mais frequentes na segurança do escritório

Veja se você está negligenciando alguma área do seu escritório e colocando em risco a segurança do seu patrimônio e seus funcionários.

 

1º Recepção do escritório não monitorada

A recepção é a área que requer mais atenção. Uma vez que o visitante ou prestador de serviço se apresenta à recepcionista precisa ser identificado e registrado. Não dependa apenas da sua recepcionista para cuidar da recepção, pois ela pode estar ocupada ou distraída, causando brechas. Instale um monitoramento com câmeras onde você possa acompanhar pelo celular, de onde estiver, quem está chegando na recepção.

 

2º Falta de um sistema de controle de acesso

Um sistema de controle de acesso irá limitar o acesso ao seu escritório e áreas restritas apenas para as pessoas apropriadas, dentro ou fora do horário comercial. Os funcionários entrarão no escritório com um cartão credenciado que poderá ser deslizado em um leitor de cartão para desbloquear a porta.

 

3º Não ter um monitoramento por câmeras adequado

Um bom monitoramento por câmeras não deve deixar pontos cegos no local e deve monitorar todas as áreas do escritório. Câmeras no interior do escritório podem identificar visitantes suspeitos, ou monitorar determinada área restrita do escritório.

Câmeras na parte exterior do escritório são também indispensáveis, podendo inibir vandalismos e outras ações criminosas.

 

4º Não possuir uma empresa de monitoramento 24 horas

Ter câmeras de segurança é importante, mas muitas vezes você não conseguirá controlar e vigiar as câmeras para ver o que está acontecendo. Ao contratar uma empresa de monitoramento 24 horas você tem a certeza de que seu escritório estará sendo monitorado por profissionais treinados e qualificados. Ao menor sinal de emergência, crime ou vandalismo, a empresa de monitoramento é acionada e deslocada para o local e tomar as providências.

 

5º Funcionários sem treinamento contra situações de risco

Invista no treinamento dos seus funcionários não somente para situações de risco, mas também para situações de emergência. É importante treinar seus funcionários principalmente sobre as práticas relacionadas à segurança do seu negócio. O que deve e o que não deve ser feito.

A segurança do seu escritório fica mais forte quando a equipe está unida, treinada e motivada a seguir as regras.

 

Para contratar serviços de monitoramento, fale com a Peter Graber e não negligencie mais nenhuma parte da segurança da sua empresa!

Sistemas de segurança ideais para confecções de roupas

By No Comments

Quando acaba o expediente da sua confecção e todos vão embora, como você faz para garantir que suas máquinas, peças confeccionadas e equipamentos estão protegidos contra roubos e outras ações criminosas?

No post de hoje nós iremos dizer quais são os pontos que merecem atenção e quais são os sistemas de segurança que não podem faltar na sua confecção de roupas para que sejam evitados atos criminosos.

 

Mercadoria e maquinário são os principais alvos dos bandidos

As roupas e acessórios confeccionados e alguns maquinários fáceis de carregar, mas de alto valor, são os principais alvos para roubo. Uma rápida busca em portais de notícias e podemos ver que invadir as confecções, fazer os funcionários de refém e roubar toda a mercadoria não é algo incomum, infelizmente. A boa notícia é que existem maneiras de proteger sua confecção desses atos criminosos.

 

Sistemas de segurança para confecções: o que é recomendado

Ao começar um planejamento para instalar um sistema de segurança eficaz para proteger sua confecção de roupas, é importante que você atente-se ao perímetro exterior do local. Isso quer dizer que você deve analisar os pontos de risco ao redor da sua confecção. Se tem muros baixos, se os portões são resistentes a arrombamentos, se existem janelas fáceis de serem invadidas. Todos os pontos que merecem esse tipo de atenção devem ser revisados e, se possível, resolver esses problemas o quanto antes.

Após ter feito isso, você já pode passar para os sistemas eletrônicos de segurança.

 

Câmeras monitoradas 24 horas

Um sistema de monitoramento assistido documenta tudo o que acontece dentro e na porta da sua confecção. Caso haja uma invasão é possível reconhecer os bandidos e recolher pistas, mas na maioria dos casos, só o fato de ter um ambiente monitorado, faz com que os bandidos se sintam inibidos de cometer um crime.

Câmeras de segurança também inibem furtos de funcionários e visitantes da sua confecção, evitando também esses prejuízos.

 

Alarmes sonoros

Os alarmes sonoros são capazes de evitar que os bandidos sigam em frente com o crime. Ao fazer a primeira tentativa de arrombamento, os alarmes sonoros são imediatamente acionados e a empresa que monitora os alarmes é notificada e manda uma equipe treinada verificar o local. Na maioria dos casos os bandidos vão embora do local antes da chegada da equipe e sem ter danificado nada.

 

A Peter Graber recomenda que ambos, câmeras monitoradas e alarmes sonoros, sejam instalados. Dessa forma, sua confecção de roupas fica mais protegida contra atos criminosos e, consequentemente, você e sua equipe ficam mais tranquilos.

Para solicitar a instalação de sistemas de segurança ideais para confecções de roupas entre em contato com uma empresa que é referência no assunto. Clique aqui e peça um orçamento para a Peter Graber.

 

Saiba como proteger seu comércio de furtos durante as compras de final de ano

By No Comments

A melhor época para o comércio está próxima. Com a chegada do final do ano, também aumenta o número de pessoas nas ruas fazendo as compras de Natal e Ano Novo. E os furtos e roubos tanto a clientes como às próprias lojas também aumentam. Saiba hoje como proteger seu comércio de furtos durante as compras de final de ano.

 

Furtos e roubos representam uma perda de R$1 bilhão no varejo brasileiro

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR), no Brasil, perdas no comércio associadas a roubos e furtos provocam um prejuízo de cerca de 2,25% do faturamento líquido dos estabelecimentos varejistas, contabilizando perdas de mais de 1 bilhão de reais. Os dados revelam, ainda, que os produtos mais furtados são doces e bebidas com (50%) e calças e tênis em lojas de moda.

 

Mudanças no layout da loja podem ajudar a evitar furtos

Com os períodos de maior fluxo de pessoas, como Black Friday e Natal, é bastante importante que as lojas se preparem para coibir e evitar furtos e roubos dentro do estabelecimento. Ações simples como otimizar o layout das lojas com espelhos em locais de ponto cego e melhorar a iluminação são muito úteis para evitar pequenos furtos.

No caso de produtos com valor alto, coloque-os atrás dos balcões ou vitrines de vidro protegidas, onde somente o vendedor consiga ter acesso.

 

Invista em sistemas que previnam e monitorem tentativas de furtos

Deixar o seu comércio sem a proteção de sistemas de segurança de alta tecnologia podem prejudicar sua rentabilidade e atrapalhar sua competitividade no mercado.

Especialistas indicam a instalação de monitoramento por câmeras como forma de inibir crimes de furtos. Ao perceber que o estabelecimento é monitorado por câmeras de segurança, o criminoso é inibido de furtar. Por isso que, além das câmeras monitoradas, você coloque placas no estabelecimento avisando que a loja está sendo monitorada.

 

A tecnologia é a sua aliada na segurança

Para escolher o melhor sistema de monitoramento por câmeras você precisa de uma empresa que tenha o compromisso de garantir proteção ao seu patrimônio. A Peter Graber  conta com uma equipe altamente qualificada, equipamentos modernos e as mais eficientes estratégias de segurança eletrônica, oferecendo o que há de mais avançado em monitoramento de alarmes, com soluções integradas e personalizadas, serviços rápidos e atendimento 24 horas.

 

Entre em contato agora com a Peter Graber e solicite um orçamento.

 

3 maneiras de proteger seu mercado de ações criminosas

By No Comments

Se você parou para ler esse artigo é porque está preocupado com a criminalidade na sua cidade e quer proteger seu comércio.

De fato, assaltos e furtos a mercados e outros comércios de rua têm crescido substancialmente, basta uma rápida olhada nos portais de notícias para se deparar com os números.

 

Hoje, você vai ficar sabendo de três maneiras de não ser uma vítima da criminalidade e proteger seu mercado de ações criminosas.

 

Mas como proteger seu mercado de ações criminosas

Monitoramento por câmeras

O monitoramento por câmeras 24 horas é importante não apenas porque pode flagrar delitos cometidos dentro do seu estabelecimento. Ele é importante porque pode evitar que atos criminosos aconteçam. Já foi comprovado que um mercado ou qualquer outro estabelecimento que tenha câmeras de segurança é capaz de inibir ações criminosas.

As câmeras são monitoradas 24 horas por uma central que está atenta a qualquer movimento suspeito dentro do estabelecimento. Mas, além disso, você mesmo pode acompanhar as câmeras do seu mercado onde estiver através de um aplicativo no celular.

 

Alarmes contra arrombamentos

Infelizmente, a maioria das invasões e roubos de estabelecimentos acontecem de madrugada, quando eles estão fechados. Os alarmes são uma maneira eficiente de impedir que seu mercado sofra prejuízos com esse tipo de crime.

Assim que é identificado uma tentativa de invasão, o alarme sonoro é acionado. A central recebe o aviso, verifica as câmeras e aciona a polícia imediatamente. Só com o alarme sonoro, os bandidos são afugentados e não seguem adiante com a invasão, protegendo, assim, o seu patrimônio.

 

Sistemas de iluminação

Além do sistema sonoro, um sistema de iluminação é muito importante para pequenos e médios estabelecimentos. Invista em uma iluminação com sensores de movimento na fachada do seu mercado para que possíveis invasores sejam inibidos durante a noite.

 

Essas dicas são importantes para você proteger seu patrimônio e evitar que ações criminosas aconteçam e te deem prejuízo.

A Peter Graber oferece o que há de mais avançado em tecnologia de monitoramento. Se você deseja proteger seu mercado de ações criminosas, converse com um de nossos especialistas.

 

Dicas para evitar assaltos em restaurantes

By No Comments

Roubos, furtos e assaltos em restaurantes e bares têm sido frequentes e tirando a tranquilidade de proprietários e clientes. Mas existe uma série de dicas que podemos dar para coibir crimes e evitar assaltos em restaurantes e bares.

 

O que é preciso para evitar assaltos em restaurantes?

Restaurantes, bares e lanchonetes de rua acabam sendo mais vulneráveis a arrastões e assaltos. Por isso, é preciso investir em segurança para seu estabelecimento, a fim de garantir a tranquilidade de seus funcionários e seus clientes. Ao ler nossas dicas você poderá conhecer métodos eficazes para prevenir possíveis atos criminosos em seu estabelecimento.

 

1 – Tenha um segurança na porta do seu estabelecimento

Contrate um segurança profissional apenas para garantir a segurança do seu restaurante. Ter um segurança na porta do estabelecimento não é garantia de que não haverá mais roubos, mas a presença dele é uma barreira a mais para manter os criminosos distantes.

É importante que o profissional que você for contratar seja treinado para as situações criminosas que podem ocorrer no estabelecimento.

Oriente funcionários e clientes a nunca distrair o segurança de seu foco com conversas ou pedindo favores, o dever dele é ficar de olho em movimentações suspeitas dentro e fora do restaurante.

 

2 – Propicie uma melhor comunicação entre os funcionários

A comunicação entre os manobristas e agentes de segurança do estabelecimento e das proximidades pode ser feita por meio de rádio ou contato visual. Facilite a comunicação entre eles, para casos em que um consiga perceber uma situação suspeita primeiro e possa avisar os outros.

 

3 – Monitoramento através de câmeras de segurança

Invista em monitoramento assistido 24 horas. Não é só durante o horário de funcionamento do restaurante que podem ocorrer atos criminosos. Muitos criminosos aproveitam a madrugada para arrombar estabelecimentos e levar equipamentos, produtos e tudo o que tiver de valor dentro de seu restaurante.

Além da instalação das câmeras, coloque placas avisando que o ambiente é monitorado. Esse tipo de aviso, por si só, coíbe atos criminosos.

 

4 – Mantenha o caixa vazio

O objetivo dos bandidos é pegar a maior quantidade de dinheiro e itens de valor (como celulares e notebooks) no menor tempo possível. Por isso, faça sangrias periódicas no seu caixa e deposite o dinheiro no banco ou em um local seguro.

 

Para outros equipamentos de segurança para seu restaurante fale com um especialista em monitoramento de comércios e empresas da Peter Graber Alarmes. Entre em contato clicando aqui.

Evite que seu escritório de contabilidade seja alvo de bandidos

By No Comments

Em todo o Brasil, os escritórios de contabilidade estão sendo alvo de furtos e assaltos. E o principal alvo dos bandidos são itens fáceis de carregar, como computadores, notebooks e demais equipamentos.

Escritórios que fazem pagamentos em dinheiro para funcionários e clientes devem ficar muito alertas, também. Evite fazer esse tipo de transação, mas se não for possível, tenha um sistema de segurança que garanta a proteção de seu escritório.

 

Siga essas dicas e evite que seu escritório de contabilidade seja alvo de bandidos

Atenção às visitas

Qualquer pessoa que precise visitar seu escritório deve ser devidamente identificada e registrada na recepção. Além de possuir um crachá de identificação diferente dos funcionários.

A mesma coisa vale para visitantes que chegam em veículos. Tanto os visitantes quanto os veículos devem ser devidamente identificados antes de entrar no prédio.

 

Cuidado na saída do expediente

É recomendável que os funcionários, ao sair da empresa, saiam sem qualquer identificação de seu local de trabalho, como crachás, uniformes ou outros itens que apresentem o logotipo da empresa.

Além disso, a porta principal de acesso deve ter um reforço na segurança. Instale um sistema de fechaduras de segurança e câmeras de segurança.

Ao final do expediente, todas as portas e janelas devem ser trancadas e os alarmes de segurança acionados.

 

Portaria sempre em vigilância

Muitas invasões acontecem por descuidos de funcionários e visitantes que demoram para entrar ou sair do prédio, permitindo que os bandidos aproveitem esse descuido para invadir. Por isso, a portaria deve estar constantemente sob supervisão. Contrate uma empresa que faça o monitoramento assistido 24 horas. Com a vigilância constante é possível prevenir atos criminosos e identificar bandidos.

 

Iluminação dentro e fora da empresa deve ser reforçada

Nenhum ponto na parte externa da empresa deve ter pouca iluminação. Instale luzes com sensores de movimento ou luzes fotossensíveis. Refletores apontando para muros e iluminação embutida no chão também ajudam a melhorar a iluminação, e com isso inibir atos criminosos na sua empresa.

 

Contrate uma empresa de monitoramento 24 horas

Essa é uma das dicas mais importantes. Muitas vezes, não importa o quanto temos atenção e cuidado na segurança da empresa, sempre há falhas que podem acontecer. Tendo um monitoramento assistido 24 horas, esse risco é diminuído consideravelmente. Afinal, para o bandido vale a lei do menor esforço quando se trata de invadir um escritório ou prédio comercial para praticar roubos.

 

Entre em contato com a Peter Graber Alarmes e solicite seu orçamento. A segurança da sua empresa e seus funcionários deve sempre vir em primeiro lugar.

Dicas preventivas de segurança para lojas de rua

By No Comments

As lojas de rua acabam sendo muito atrativas para bandidos por serem de fácil entrada e saída e por seus produtos estarem expostos na vitrine e nas prateleiras da loja. Devemos lembrar sempre que os bandidos procuram o menor esforço para cometer crimes, portanto quanto mais você aumentar a segurança e dificultar a ação deles, menos perdas você terá por conta de furtos e assaltos.

 

Saiba quais são as dicas preventivas de segurança para lojas de rua que irão te ajudar com isso.

 

Comunicação visual clara dentro e fora da loja

Utilizar placas informando que o ambiente é monitorado e que a loja possui medidas preventivas contra furto inibem as ações criminosas.

Você também pode usar a comunicação visual da loja para informar quais são as medidas da loja em caso de flagrante e informar a penalidade para quem comete esse tipo de crime de acordo com a legislação do seu estado.

 

Evite corredores com prateleiras altas

Para não prejudicar a visão dentro da loja, principalmente se é uma loja pequena, não coloque nos corredores displays altos. Eles tendem a bloquear a visão de quem está do outro lado da prateleira e das câmeras de segurança.

Coloque os displays mais altos junto às paredes e deixe os menores pelos corredores.

 

Elimine os pontos cegos

É parecido com o caso das prateleiras altas no corredor. Ter pontos cegos, lugares onde a as câmeras de segurança não alcançam pode facilitar roubo e furtos de mercadorias. Instale espelhos na sua loja e garanta que todas as áreas estejam iluminadas adequadamente.

 

Controle o acesso a algumas áreas do estabelecimento

Não permita que pessoas não autorizadas acessem o estoque da loja ou alguma outra área de acesso restrito. Instale um sistema de senha na porta para entrada exclusiva de funcionários autorizados e proteja áreas específicas.

 

Instale câmeras de segurança

É altamente recomendável que seja instalado um monitoramento por câmeras. Dessa forma, quando houver alguma atitude suspeita é possível tomar atitudes preventivas a tempo. Ou quando de fato ocorrer um ato criminoso será disparado um alarme para conter o furto e conseguir deter o bandido.

 

Prevenção é a melhor atitude para ter mais segurança para lojas de rua

Como vimos, prevenir ações criminosas é mais importante para evitar perdas em lojas de rua, que costumam ficar muito vulneráveis. Se você precisa de uma análise do melhor sistema de segurança para lojas de rua, entre em contato com a Peter Graber e fale com um especialista que poderá te orientar.