Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota Peter Graber

Monitoramento de Condomínios

Conheça os mitos e verdades sobre monitoramento eletrônico de condomínios

Autor: Comentários desativados em Conheça os mitos e verdades sobre monitoramento eletrônico de condomínios

Você provavelmente já ouviu falar sobre monitoramento eletrônico de condomínios. Independente deles serem residenciais ou empresariais, este tipo de sistema está em alta e, como todo assunto novo e com grande popularidade, muitos mitos estão surgindo sobre seu funcionamento.

Para quem é síndico ou mesmo morador, tomar uma decisão sobre qual o melhor sistema de segurança para o condomínio é uma decisão bastante importante e que não pode ser baseada em achismos. Frente a desinformação, o maior prejudicado é sempre você, pois acaba sendo influenciado por más ideias e sofrendo as consequências de não utilizar um produto de alta qualidade.

Por isso, é essencial falarmos sobre esses mitos e verdades e o que, de fato, um monitoramento eletrônico de condomínios pode oferecer para você. Quer descobrir se o que você andou ouvindo falar realmente é verdade? Então continue lendo!

O que é um monitoramento eletrônico de condomínios?

O primeiro passo é deixar bem claro o que é, afinal, um monitoramento eletrônico de condomínios. Esta tecnologia nasce a partir da necessidade do aumento na segurança e, ao mesmo tempo, na redução dos custos de operação (guarde bem este ponto, vamos falar mais sobre ele a seguir). Por isso, o objetivo é a implementação de um sistema inteligente, capaz de otimizar processos de verificação, bloqueio ou liberação de acesso sem a necessidade de uma pessoa presente.

A partir daí, vamos discutir então se os mitos mais comuns sobre o monitoramento eletrônico de condomínios realmente apresentam algum fundamento. Vamos descobrir?

“Monitoramento eletrônico de condomínios é muito mais caro do que outros recursos”

MITO! Para muitas pessoas, quando se fala em tecnologia, se pensa imediatamente naqueles celulares hipermodernos que custam 5x o valor dos comuns. Porém, nem toda tecnologia é absurdamente cara e inacessível.

Existem opções no mercado para todos os tipos de bolsos e necessidades. Com certeza você irá encontrar este serviço em valores altos, assim como praticamente todos os segmentos de produtos que existem. Porém, também encontrará em uma versão acessível. O segredo é pesquisar sempre.

“A manutenção do monitoramento eletrônico é muito cara”

MITO! A manutenção também é outra vilã para aqueles que acreditam em informações infundadas que acabam sendo compartilhadas. Assim como na questão da instalação você irá encontrar opções das mais baratas até as mais caras, para a manutenção é o mesmo raciocínio.

Ao pesquisar e entender quais são as melhores opções do mercado, você sempre sai ganhando. Por isso, não entre na onda dos desavisados!

“Quando ocorre queda de energia, o sistema para de funcionar”

MITO! Mais um para a lista. Porém, ele ganha força quando se para pensar: um monitoramento eletrônico de condomínios, sem energia, não tem como funcionar, certo? Até poderia ser, mas a tecnologia já avançou neste quesito também. Isto quer dizer que existem opções de backup de bateria, ou seja, um recurso que mantém o equipamento em funcionamento através de GPRS, rádio ou 3G.

Além disso, um bom monitoramento eletrônico de condomínios possui recursos pensados exatamente para momentos como estes, sendo um acionamento imediato na central de atendimento, por exemplo.

Não se preocupe também com os outros aparelhos, como as câmeras, por exemplo. Também há recursos para que elas sigam captando imagens mesmo após a queda de energia e armazenem dados na nuvem, ou seja, em equipamentos externos até que a energia seja retomada.

“Monitoramento eletrônico de condomínios reduz as chances de roubo ou furto”

VERDADE! Você sabia dessa? O fato de um local contar com monitoramento eletrônico é sim um redutor de furtos ou roubos, pois as chances de se conseguir acessar o local são menores, assim como as de ser pego e identificado também.

Por isso, locais que contam com essa tecnologia devem usar placas de sinalizam, as quais ajudam a manter criminosos afastados. Algo que tem o efeito contrário do que quando se conta apenas com recursos humanos, por exemplo.

“É preciso ter conhecimento avançado para operar o monitoramento eletrônico”

MITO! De novo uma não verdade na nossa lista. Não é preciso ter conhecimento avançado para operar um monitoramento eletrônico de condomínios e aumentar a segurança. As opções desenvolvidas e disponíveis no mercado foram pensadas para que tenham, justamente, um entendimento e fácil usabilidade por parte dos clientes.

Normalmente, este recurso é intuitivo e, mesmo nas opções mais complexas, nada que um auxílio da empresa não resolva com poucas horas de explicação.

Pronto! Agora você já conhece os mitos e verdades sobre o monitoramento eletrônico de condomínios. Que tal dar uma chance para esta tecnologia? Entre em contato para que os especialistas da Peter Graber possam ajudar você e as necessidades do seu condomínio da melhor maneira possível!

Tudo o que você precisa saber sobre Portaria Remota para condomínios

Autor: Comentários desativados em Tudo o que você precisa saber sobre Portaria Remota para condomínios

Em condomínios, as portarias representam um grande problema para os moradores e para a administração. No primeiro caso devido aos seus custos elevados, que acabam pesando no bolso e na economia das famílias. Já no segundo, pois gera uma série de transtornos e manutenção que exigem muito envolvimento. Frente a isto, a Portaria Remota para condomínios surge como uma grande aliada e a perfeita solução ao problema.

Dica de leitura!
Portaria Remota aumenta a segurança do condomínio e reduz os gastos

Mas, afinal, o que é isto e como esta ferramenta pode, de fato, tornar um condomínio seguro e de forma mais barata do que uma equipe presencial? Descubra, a seguir, como esta tecnologia está conquistando cada vez mais o mercado e se tornando o investimento preferido dos condomínios, moradores e administradores. Vamos lá?

 

Portaria Remota para condomínios: o que é e como funciona?

A Portaria Remota nada mais é do que um sistema que proporciona o gerenciamento dos acessos a um determinado condomínio ou prédio, por exemplo, a distância. Com isto, podem surgir inúmeras dúvidas, não é mesmo? Como um sistema poderá ser eficaz e realmente seguro se não existe ninguém presente para melhor controlar e vistoriar o fluxo de moradores e visitantes?

Bem, devido a este sistema remoto, o monitoramento se torna, na verdade, ainda mais seguro do que aqueles com equipes presenciais. Esse modelo de portaria permite um controle de entrada e saída no local 24 horas por dia de forma totalmente tranquila para todos.

Na prática, ela funciona através de um identificador que é repassado aos moradores e trabalhadores de um prédio. Já para aqueles que estão de visita, tal identificação deverá ser feita por meio do interfone. Neste momento, a equipe de monitoramento virtual é a responsável por verificar se aquela pessoa tem sua entrada permitida ou não no local.

É, portanto, uma ferramenta inovadora, simples e segura, que utiliza da tecnologia para conectar as ferramentas de monitoramento como câmeras e sistemas de alarme a uma central remota e administrada por profissionais treinados. 

Além da diminuição dos custos, o sistema de Portaria Remota para condomínios consegue diminuir situações de risco e deixar os moradores ainda mais seguros, principalmente nos casos de condomínios horizontais.

 

Quais são as vantagens de investir na Portaria Remota? 

#1 Um serviço a distância e com menos custos

Você sabia que a Portaria Remota para condomínios consegue reduzir em até 60% os custos com este serviço? Além da economia, há o impacto direto no aumento da segurança e redução de possíveis momentos de risco que profissionais no local poderiam estar expostos.

#2 Maior controle sobre entrada e saída no condomínio

Com este tipo de tecnologia é possível controlar de melhor forma o fluxo de acesso e saída de prédios, além dos registros precisos sobre quem está chegando e saindo e o horário. Tais informações são bastante preciosas e contribuem para um ambiente mais seguro e controlado.

#3 Moradores e síndico mais tranquilos

Com este sistema é possível alcançar uma maior tranquilidade de que o patrimônio e as casas estão de fato protegidas, sem riscos de falha humana. Todos estão cientes sobre isto e também acaba sendo um fator de inibição para alguns criminosos.

#4 A tecnologia a seu favor

Com a Portaria Remota para condomínios é possível usufruir de um sistema altamente tecnológico e que elimina um dos grandes problemas para quem mora ou administra um local como este: os funcionários da na portaria, os gastos para com eles e a insegurança que ainda existe devido a uma possível falha humana.

Para investir em Portaria Remota para condomínios

Se você está pensando em investir nesse sistema tecnológico e altamente seguro para o seu condomínio, entre em contato para que os especialistas da Peter Graber possam explicar melhor e demonstrar para você como ela funciona. Conheça de perto quais são os inúmeros benefícios proporcionado por esse sistema para as famílias que residem em prédios e condomínios.

Na Peter Graber, a Portaria Remota para condomínios deixa o controle mais na sua mão, pois oferece um aplicativo que permite o gerenciamento a distância de quem está acessando o seu prédio, além de mostrar em tempo real este fluxo através das câmeras e ainda autorizar entrada e saída de visitantes ou prestadores de serviços.

Chamado “Graber Portaria Remota”, o aplicativo tem foco em aumentar a segurança dos moradores e facilitar seu dia a dia. Pensando nisso, a chave enviada pelo sistema só pode ser utilizada se o usuário recebeu o convite e a uma distância pré-definida, o que reduz chances de algum tipo de fraude ou clonagem.

 

Se o seu condomínio é residencial e tem até 70 apartamentos, ele está apto a implantar uma Portaria Remota para condomínios. Aproveite!

Você precisa ler isso!
Como Escolher Uma Empresa De Portaria Remota Para O Seu Condomínio

 

 

Dicas de segurança para o final de ano do condomínio

Autor: Sem comentários

Com o final de ano, a rotina dos moradores do condomínio muda durante algumas semanas, por isso é preciso redobrar a atenção com a segurança para o final de ano do condomínio. As crianças e adolescentes entram de férias (muitas vezes os adultos também), alguns moradores viajam, outros recebem familiares e amigos no condomínio para confraternização, portanto é um período atípico para os moradores e os funcionários do condomínio.

Por esse motivo, o cuidado com a portaria deve ser redobrado nesse período. Hoje a Peter Graber irá te dar sugestões e informações importantes para ter mais segurança para o final de ano do condomínio.

 

Maior rigidez às regras do condomínio

Os moradores podem ser os maiores responsáveis pela falta de segurança de um condomínio quando não respeitam as regras de segurança. Pessoas mal intencionadas podem abordar o morador que está chegando a pé no condomínio se passando por morador que esqueceu a chave, por exemplo, e conseguir entrar no local para praticar roubos e outros crimes.

Os funcionários do condomínio também devem estar alertas, principalmente para orientar e colocar lembretes sobre as normas de segurança.

 

Treinamento e capacitação de funcionários

O treinamento de funcionários deve ser feito periodicamente, principalmente no caso de condomínios que tem funcionários próprios – não terceirizados.

Os bandidos sabem que esse é um momento propício para ações nos condomínios, por isso, cursos de segurança são bem vindos para dar um reforço nesse período.

A questão do treinamento focado em segurança, hoje em dia, é uma prioridade para todos os condomínios. A Polícia Militar afirma que, em locais onde há funcionários treinados, o índice de roubos costuma cair consideravelmente.

 

Atenção redobrada com entregadores e prestadores de serviço

Mesmo que o morador tenha avisado ao porteiro que está aguardando a chegada de um entregador ou prestador de serviços, o porteiro precisa checar se a pessoa pertence mesmo à determinada empresa. O entregador ou prestador de serviço deve estar devidamente uniformizado, portando crachá/cartão da empresa e, em alguns casos, sendo necessário até ligar para a empresa para confirmar.

Isso também vale para o morador também. Sempre checar se o funcionário realmente é da empresa que diz ser.

 

Portaria Remota é mais segurança para o final de ano do condomínio

A Portaria Remota traz, comprovadamente, mais segurança para o final do ano do condomínio.

Duas pesquisas realizadas por institutos de segurança no Brasil revelaram que os assaltantes à residência preferem agir em prédios com porteiros a prédios sem porteiros. Isso se deve ao fato de que os assaltantes precisam de alguém para render e permitir a entrada deles no condomínio sem fazer alarde.

Além de reduzir em 50% os gastos com portaria, a Portaria Remota oferece muito mais segurança e tranquilidade à todos os condôminos.

 

Solicite um orçamento de Portaria Remota para a Peter Graber e aumente a segurança para o final de ano do condomínio.

Como a Portaria Remota em condomínios funciona na prática?

Autor: Sem comentários

A Portaria Remota é conhecida por unir duas coisas muito importantes para o condomínio: aumento da segurança e redução de custos. Isso porque a instalação de câmeras com monitoramento 24 horas e o controle à distância de quem entra e sai do condomínio reduz o risco de falha humana, além de reduzir os custos.

Mas, na prática, com funciona a portaria remota em condomínios? Continue a leitura e tire suas principais dúvidas.

 

A portaria remota é recomendada para qualquer condomínio?

Todos os condomínios podem ter portaria remota mas, para condomínios com mais de 40 unidades, pode não ser recomendado. Isso porque os empreendimentos de grande porte, que possuem mais de uma portaria e diferentes entradas de garagem, são mais difíceis para implantação e bom desempenho do sistema, além de elevar mais o custo.

 

A portaria remota é mais indicada para condomínios com até 40 unidades e uma entrada de portaria. Nesses empreendimentos, é onde se sente mais a economia, pois é nos condomínios menores que o custo com a folha de pagamento dos funcionários pesa mais.

 

Como a portaria remota em condomínios funciona

A Peter Graber sempre foi uma empresa pioneira no que há de mais moderno e avançado em tecnologia de alarmes, e não é diferente com a Portaria Remota.

A Portaria Remota veio para trazer mais eficiência e eliminar as vulnerabilidades das portarias dos condomínios.

Os equipamentos e serviços necessários para a instalação da portaria remota da Peter Graber são:

  • Biometria, TAG e senha;
  • Nobreak;
  • Gravação local e remota de vídeo;
  • Monitoramento perimetral de alarmes e câmeras;
  • Alarme de incêndio;
  • Gravação de áudio por 1 ano;
  • Interfonia IP;
  • Link dedicado full;
  • Link redundante ADSL;
  • Rondas virtuais por câmeras;
  • 100% de controle de acesso e atendimento feito pelo porteiro profissional remotamente.

 

Toda a comunicação entre empresa e condomínio é feita via internet, e é por isso que trabalhamos com um plano B caso haja um problema de conexão ou sistema fora do ar. Assim como o nobreak, um pequeno gerador que dá um suporte em caso de queda de energia.

 

Como é o dia a dia de um condomínio com portaria remota?

Todos os moradores e funcionários do prédio são cadastrados, por isso têm acesso livre de dia e à noite. E, mesmo com o porteiro virtual, o trabalho do zelador continua sendo importante e de muita utilidade.

É o zelador, por exemplo, que fica responsável por receber pacotes e correspondências que precisem de assinatura.

Entregas comuns, como deliverys e outras encomendas de moradores seguem obedecendo às normas de segurança do local. O entregador se identifica na portaria, o porteiro virtual atende e comunica o morador. O morador, por sua vez, deve ir até a portaria para pagar e receber sua encomenda.

 

A contratação de uma Portaria Remota deve ser aprovado pela coletividade em uma assembleia no condomínio.

Caso você queira saber mais sobre a Portaria Remota da Peter Graber ou se seu condomínio tem alguma particularidade, fale com nossos profissionais entrando em contato clicando aqui.

 

Conheça as vantagens da Portaria Remota para condomínios

Autor: Sem comentários

Também conhecida como portaria virtual, a Portaria Remota é uma tecnologia moderna e eficaz na segurança de prédios e condomínios. Isso porque a portaria remota automatiza processos, faz o monitoramento e transmite as informações em tempo real, eliminando o risco de porteiros serem rendidos por criminosos.

Continue lendo e conheça e outras vantagens da Portaria Remota em condomínios.

 

Entenda como funciona a Portaria Remota

A Portaria Remota possui em sua tecnologia um conjunto de instrumentos de segurança, com o intuito de melhorar a comunicação, vigilância e controle de acesso.

A portaria remota conta com porteiro virtual, câmeras, interfone e software de controle de acesso. Essas tecnologias reunidas são capazes de reduzir as falhas humanas e os custos do condomínio.

 

Ao instalar a portaria remota em seu condomínio, todos os moradores e funcionários do prédio são cadastrados com biometria ou senha de acesso.

O acesso dos visitantes, no entanto, se parece muito com o processo tradicional. O visitante chega na portaria e aciona o interfone. Imediatamente, em qualquer hora do dia ou da noite, ele é atendido por um porteiro, um funcionário da Peter Graber que fica conectado remotamente ao interfone e às câmeras. Quando o visitante informa onde pretende ir, o porteiro entra em contato com o morador para pedir autorização da entrada. Após dada a autorização, a portaria se abre e depois se fecha, sem necessidade de intervenção humana.

Em casos de emergência, a central de monitoramento é acionada e é enviada uma viatura com profissionais treinados até o local.

 

Quais as vantagens da Portaria Remota para condomínios

Uma das principais vantagens da Portaria Remota é a redução dos custos da portaria que podem chegar até 50%. Com a ajuda da tecnologia, a necessidade de diferentes funcionários por turno e os gastos com folhas de pagamento e encargos são eliminados.

Outra vantagem é a redução da falha humana. Pois com uma guarita protegida e a portaria sendo monitorada 24 horas, não existe a possibilidade de o porteiro ser enganado ou rendido por bandidos.

O aumento do controle sobre quem entra e sai do condomínio é importante para os registros de segurança. Com isso, os moradores e o síndico ficam mais tranquilos, tendo ciência de que o condomínio está seguro.

As rondas virtuais por câmeras e as rondas noturnas motorizadas garante ainda mais o monitoramento da segurança do condomínio, inibindo a ação de criminosos que podem se aproximar, prejudicando a saída e chegada de moradores.

 

Conte com o monitoramento especializado da Peter Graber

Ao contratar o serviço de portaria remota, pesquise e conte com a excelência de quem está há mais de 30 anos no mercado, com experiência e pioneirismo. A Peter Graber Alarmes é pioneira em Monitoramento de Segurança e em Portaria Remota para condomínios.

Ao entrar em contato com a Peter Graber você será atendido por um especialista em segurança que irá analisar seu condomínio e te orientar sobre as falhas e melhorias a serem realizadas, além da implementação da Portaria Remota.

Fale com um especialista clicando aqui.

 

Como criminosos se disfarçam para invadir condomínios

Autor: Sem comentários

Você sabe como os criminosos se disfarçam e conseguem invadir e assaltar condomínios, mesmo com a presença de um porteiro no local? Pois um dos maiores riscos que os condomínios correm diariamente é sofrer um assalto decorrente de uma invasão por descuido da segurança e do porteiro, colocando em risco a vida e a segurança de centenas de moradores.

As táticas utilizadas por criminosos para invadir e assaltar condomínios muitas vezes são bem elaboradas e eles acabam conseguindo enganar o porteiro para conseguir entrar. Por isso, se você é condômino, deve levar as informações corretas ao síndico do seu condomínio para que juntos possam tomar as devidas medidas.

E se você é síndico, não se sinta culpado quando houver algum problema na segurança, o que você deve fazer é o seu trabalho da melhor forma possível. Vá atrás de melhorias para o seu condomínio!

Sugestão de leitura:
Dicas Para Ser Um Síndico Melhor Para Seu Condomínio

O que você vai encontrar neste artigo:

  • Descubrir como criminosos se disfarçam para burlar a segurança e cometer crimes
  • Saiber como se prevenir contra esse tipo de ameaça
  • Encontrar a melhor solução para os problemas de segurança na portaria do seu condomínio

Como criminosos se disfarçam para ludibriar funcionários e invadir condomínios

O intuito das informações que vamos passar é que você tome conhecimento das táticas mais usadas por bandidos para que você saiba como se prevenir quando se deparar com algo parecido. Veja quais são os disfarces mais comuns entre os bandidos:

 

1 . Prestadores de serviços

Funcionário dos Correios, telefonia e de serviços públicos, encanadores, etc:

Costumam alegar que precisam fazer reparos em algumas unidades. No caso do carteiro, ele alega ter de entregar em mãos a correspondência.

Como evitar: Sempre peça o crachá com foto do funcionário. Se ainda tiver dúvidas, não hesite em ligar para a empresa onde a pessoa diz que trabalha para conferir se aquela pessoa realmente é funcionária.

 

2. Profissionais a mando da justiça

Oficial de justiça ou advogado: Costumam fingir uma postura arrogante e de urgência, forçando a entrada no condomínio sem se identificar ou usando documentos e identidades falsos.

Como evitar: Independente de quem esteja na porta do condomínio, o porteiro não deve mudar os procedimentos de segurança. A entrada só deve ser permitida se o morador autorizar, e no caso de morador ausente, infelizmente é impossível permitir a entrada.

 

3. Falsos policiais

Homens trajados com roupas de policiais: Costumam exigir entrar no condomínio por algum motivo qualquer. Para transmitir veracidade, alguns chegam a utilizar carros adesivados que imitam os carros de polícia.

Como evitar: Nenhum policial pode exigir a entrada em um condomínio sem um mandato de busca e apreensão. Portanto, a regra de segurança do condomínio se aplica a casos de policiais que querem entrar sem mandato de busca e apreensão. Ou seja, não é permitido entrar.

 

4. O falso amigo de morador

Pessoa finge falar com o morador do condomínio ao celular: Nesse caso, uma pessoa comum se faz passar por amigo de algum morador do condomínio. A pessoa chega na portaria, finge falar com o “amigo morador” ao celular e esse falso amigo autoriza por telefone a entrada do impostor.

Como evitar: Mesmo que o porteiro ouça no celular a autorização do suposto morador para que terceiros entrem no condomínio, o porteiro deve interfonar para o apartamento para confirmar. E não liberar entrada de ninguém sem autorização verificada.

 

5. Pessoas em suposta situação de emergência

Falsas grávidas, pessoas ou jovens que fingem ter sido assaltados: Mulheres se passando por grávida fingindo estar passando mal ou menino assaltado que pedem o telefone da portaria para ligar para o pai.

Como evitar: em ambos os casos, o porteiro pode ligar ligar ele mesmo para a ambulância ou para o pai do menino sem precisar sair da portaria. Não entregue o telefone, ou saia da guarita ou portaria em hipótese alguma.

 

Investir em treinamento e tecnologia é o primeiro passo para evitar invasões a condomínios

Como vimos, criminosos utilizam esses disfarces para tentar enganar porteiros e funcionários dos condomínios. Para evitar que seu porteiro seja vítima desse tipo de golpe e coloque em risco os moradores, é necessário investir em treinamentos regularmente e tecnologia.

Leia também!
Portaria Remota Aumenta A Segurança Do Condomínio E Reduz Os Gastos

Outras formas de aumentar a segurança é investir em um Monitoramento por Câmeras 24 horas, que é capaz de inibir grande parte dos atos criminosos, e investir na Portaria Remota, onde a portaria é monitorada por um funcionário à distância que vê e ouve todos que se apresentam na portaria.

Quer saber mais sobre como criminosos se disfarçam invadindo condomínios e as soluções de segurança existentes no mercado? Nós podemos te ajudar!

Faça uma avaliação gratuita com nossos especialistas
e reduza até 60% do valor do seu condomínio com aumento de segurança

Como aumentar a segurança nas portarias de prédios ou condomínios residenciais

Autor: Sem comentários

Nada é melhor do que se sentir seguro ao entrar e sair de seu condomínio. Porém, devido à falta de segurança nas grandes cidades e em alguns bairros mais afastados, a segurança pública é um problema no cotidiano de muita gente. A segurança do patrimônio passa a ser importante não apenas para a proteção de bens, mas também para o bem estar físico e emocional das pessoas.

Pensando nisso, hoje a Peter Graber irá recomendar algumas atitudes e precauções para aumentar a segurança nas portarias de prédios e condomínios residenciais.

 

O que pode prejudicar a segurança da portaria?

As guaritas costumam ser o ponto crítico das portarias de prédios e condomínios. As ocorrências acontecem por falhas ou erros na identificação dos moradores e visitantes, ocasionando a entrada de pessoas não confiáveis e prejudicando a segurança de todos.

Outro fator que requer atenção é a falta de treinamento dos funcionários. Tanto para seguir à risca as regras de segurança dos condomínios, quanto para saber como agir em situações de emergência ou de risco. O treinamento e a capacitação dos porteiros, vigias, zeladores e síndico é dever da empresa de segurança. Até mesmo os moradores podem receber esse tipo de treinamento se quiserem ou se for necessário.

Mas, essas capacitações devem ser focadas principalmente nas pessoas que trabalham nas guaritas.

 

3 maneiras de aumentar a segurança nas portarias

É possível aumentar a segurança nas portarias de prédios ou condomínios de forma eficaz, deixando todos os moradores protegidos e tranquilos. Veja como você pode fazer isso no seu condomínio:

 

Nunca deixe a guarita ou portaria vazia

É comum, porém inadequado, pedir para o porteiro ou vigia realizar outras funções que o faça sair da portaria. Por exemplo, entregar correspondência no apartamento do morador ou pequenos favores. Isso pode dar brecha para possíveis invasões, portanto nunca peça favores ao porteiro ou vigia e nunca permita que a guarita fique vazia.

 

Instale câmeras nas áreas comuns do condomínio ou prédio

A tecnologia de segurança nos permite ter mais mais tranquilidade ao saber que nosso patrimônio e bem estar estão protegidos. A instalação de câmeras nas áreas comuns do condomínio permite minimizar ocorrência. Além disso, coloque placas informando que o ambiente é monitorado 24 horas, dessa forma é possível inibir os atos criminosos, pois o bandido vai pensar duas vezes antes de invadir um condomínio monitorado por câmeras.

 

Considere a instalação de uma portaria remota

A portaria remota existe para que condomínios e prédios tenham mais eficiência na hora de permitir a entrada de visitantes, prestadores de serviço ou entregadores. Os acessos do condomínio são gerenciados à distância por um funcionário treinado para agir em caso de anormalidade ou atentado por parte do suposto visitante.

Com a portaria remota também é possível reduzir em até 50% os valores gastos com portaria.

 

Se você precisa do serviço de Monitoramento de Condomínios ou Portaria Remota, entre em contato com a Peter Graber e solicite seu orçamento.

Como diminuir os custos do condomínio?

Autor: Sem comentários

Um dos maiores desafios de um condomínio é diminuir os custos, para assim, poder investir em melhorias. É preciso ter o caixa do condomínio sempre em ordem e evitar o desperdício de dinheiro, pesquisando muito bem antes de contratar algum serviço ou implementar mudanças.

Mas é possível diminuir os custos do condomínio e ainda melhorar a qualidade de vida dos moradores. Para saber como, continue lendo.

 

Economize água e poupe energia elétrica

Uma das coisas que mais custam ao condomínio é o consumo de energia elétrica e água. Especialistas em administração de condomínios indicam a instalação de hidrômetros individuais, pois isso incentiva a economia de água do prédio, e pode representar uma economia de 20% na conta de água do prédio todo. Caso não seja possível instalar um hidrômetro individual, verifique vazamentos, instale redutores de vazão ou reaproveite a água da chuva.

Quanto à energia elétrica, é indicado avaliar possíveis desperdícios. As soluções mais comumente adotadas são: programação de elevadores e instalação de minuterias (sensores de presença).

 

Faça manutenções preventivas

Manutenções preventivas são bem mais baratas que obras de reparação, portanto todo condomínio deve realizar manutenções periodicamente. Dentre as manutenções preventivas estão a verificação de para-raios, bomba de água, impermeabilização, verificação de vazamentos, manutenção de elevadores. Isso pode evitar obras de grande porte e, consequentemente, os custos elevados.

 

Tenha uma administração responsável

Uma das responsabilidade de uma boa administração é fazer orçamentos anuais. O planejamento financeiro anual pode evitar a emissão de cotas extras para dissídio de funcionários ou pagamento de 13º salário, por exemplo.

Outro item importante é o combate à inadimplência. É recomendável procurar o inadimplente para tentar fazer um acordo amigável dentro das regras do condomínio. É importante que a taxa de inadimplência do condomínio seja controlada e nunca ultrapasse 6% do orçamento para não prejudicar o condomínio.

 

O que custa mais caro ao condomínio?

A folha de pagamento e os encargos são o que acabam custando mais caro ao condomínio. Se o gasto com horas extras, por exemplo, estiver muito alto, é hora de avaliar se a melhor solução não seria contratar um funcionário.

Além disso, concentre-se em aperfeiçoar a equipe. Sai mais barato do que fazer novas contratações e é muito mais produtivo. Demissões são gastos adicionais que podem ser evitados e revertidos em melhorar, treinar e especializar sua equipe.

 

Portaria remota é alternativa para aumentar a segurança e diminuir custos

O serviço de Portaria Remota da Peter Graber é uma alternativa de implementar melhorias no seu condomínio e ainda reduzir as despesas com folha de pagamento. Trata-se de um sistema de gerenciamento à distância dos acessos ao condomínio, monitorando quem entra e sai do prédio 24 horas por dia.

A Portaria Remota é capaz de reduzir seus gastos com portaria em até 50%, pois com a ajuda da tecnologia, a necessidade e os gastos com folha de pagamento e encargos de funcionários na portaria são eliminados.

 

Entre em contato com a Peter Graber Alarmes para pedir um orçamento de portaria remota e reduza os custos do seu condomínio aumentando a segurança dos moradores.

Saiba se seu condomínio é realmente seguro e o que fazer para melhorar a segurança dele

Autor: Sem comentários

Você sabe quais são os procedimentos de segurança que estão sendo feitos no seu condomínio para melhorar a segurança dos moradores?

A responsabilidade com a segurança do condomínio é do síndico do prédio, que deve zelar tanto pelo bem estar e segurança dos moradores como estipular regras de segurança e assegurar que elas sejam cumpridas. Mas é papel de todos ter comportamentos que não ponham em risco a segurança de todo o condomínio.

No post de hoje as dicas serão sobre condomínio seguro e o que se pode fazer para melhorar a segurança dele.

 

Como saber se seu condomínio é de fato seguro

Os crimes mais comuns que podem acontecer com qualquer condomínio são as invasões e arrastões. Geralmente realizada por mais de um criminoso, eles se utilizam de violência e ameaças, com o intuito de intimidar e levar o maior número de coisas possível. A prevenção é a melhor solução para esses casos.

Veja se seu condomínio está prevenido e seguro contra crimes desse tipo.

 

Índice de criminalidade na região

Por mais que o índice de criminalidade do bairro ou município que você mora ser um fator externo e fora do controle dos moradores e do síndico, é um ponto muito relevante na hora de contratar serviços que melhorem a segurança do condomínio.

 

Rua pouco movimentada

Esse é um ponto a se prestar atenção também. Quanto mais deserta for a rua, mais atraente é o seu condomínio para a realização de atos criminosos. E se tiver poucos ou nenhum outro prédio com portaria em frente ou ao lado do seu condomínio, pode também ser um ponto de preferência de bandidos que têm preferência por lugares com pouca vigilância.

Além disso, se tiver algum terreno baldio colado no seu condomínio, significa que é necessário proteção perimetral como cercas eletrificadas, concertinas ou sensores de movimento.

 

Localização da guarita ou portaria

Se guarita ou a portaria do seu condomínio estiver muito próxima à rua, pode representar um grande risco. Isso permite que o porteiro seja mais facilmente rendido e assim possibilite a entrada de pessoas não autorizadas.

É recomendável que a guarita ou portaria fique distante da rua, mas com plena visão dela. Outro ponto importante é ter uma linha de telefone independente para que o porteiro possa se comunicar com as autoridades competentes ou para que os moradores entrem em contato com este profissional antes de chegar ao local.

 

Controle de acesso aos visitantes

Principalmente em caso de condomínios comerciais é importante ter um controle rigoroso de acesso a visitantes. Muitos condomínios fazem controle de acesso anotando em um livro, mas o ideal é um sistema específico para isso.

 

Monitoramento por câmeras

Se o seu condomínio não possui um monitoramento por câmeras, considere instalá-lo imediatamente. Um sistema de monitoramento por câmeras permite perceber com antecedência e discrição qualquer movimento estranho. Além disso, sua presença desestimula o ato criminoso.

 

Portaria remota é solução para ter um condomínio seguro

A Portaria Remota é um sistema de gerenciamento a distância dos acessos ao condomínio, que amplia o domínio sobre quem entra e sai do prédio 24 horas por dia, protegendo seus bens e as pessoas ao redor.

Com ela, a autorização de entrada no condomínio é feita remotamente. Para quem trabalha ou mora em um local com sistema de Portaria Remota, um identificador é disponibilizado para que a entrada seja liberada. No caso dos visitantes, a identificação é feita via interfone e a equipe de monitoramento virtual verifica se a entrada daquela pessoa pode ser permitida.

Muito mais segura que uma portaria convencional, a Portaria Remota ainda pode reduzir em até 50% os custos de condomínio.

 

Para solicitar um orçamento, entre em contato com a Peter Graber.

 

Dicas importantes para evitar assaltos em condomínios

Autor: Sem comentários

Assaltos em condomínios não é mais um problema que apenas os prédios e condomínios de luxo sofrem. Hoje em dia não há um perfil preferencial para ser alvo dos assaltantes, infelizmente. Por isso, é importante que todos sigam essas dicas a fim de evitar assaltos em condomínios independente da região ou classe social.

 

Solicite um projeto para aprimorar a segurança

Todo condomínio que deseja mais segurança precisa da implantação de um projeto personalizado específico para isso. Primeiro é preciso levantar quais são as vulnerabilidades e riscos, e projetar a solução.

Isso inclui avaliação da estrutura física (muros, portões, iluminação), equipamentos de segurança, monitoramento 24 horas por vídeo (que por si só inibe a atuação de alguns bandidos) e conscientização dos moradores. Além de barreira perimetral, sensores infravermelhos, luzes de presença, sistemas de comunicação ágil e eficaz.

 

Portaria sempre atenta aos visitantes

O porteiro é uma peça essencial para o cumprimento das normas de segurança e deve estar sempre atento à movimentação. É dever do porteiro controlar o acesso de visitantes, prestadores de serviços e veículos.

Uma das formas mais utilizadas pelos bandidos para ter acesso aos condomínios é a abordagem com o pretexto de prestação de serviços, como entregadores de comida, técnicos de internet e telefonia, entre outros. Também é dever do morador informar ao porteiro se estiver esperando algo ou alguém.

 

Monitoramento 24 horas da portaria é essencial

Cerca de 90% das invasões a condomínios acontecem pela porta de entrada. Isso acontece devido às falhas de procedimentos de segurança por parte dos funcionários e moradores. Desatenção, ingenuidade, despreparo e não seguir as normas são as falhas mais comuns.

É essencial que o condomínio tenha portaria 24 horas e monitoramento assistido 24 horas. Além de inibir possíveis invasões, em caso de invasão, os procedimentos de segurança são ativados imediatamente.

 

Melhore e implemente esses procedimentos de segurança para evitar assaltos em condomínio para garantir a segurança dos moradores e evitar prejuízos. Caso precise de consulta para implementação de sistemas de monitoramento de condomínios entre em contato com a Peter Graber.