Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota Peter Graber

Author: Jaqueline

Tudo o que você precisa saber sobre Portaria Remota para condomínios

Autor: Comentários desativados em Tudo o que você precisa saber sobre Portaria Remota para condomínios

Em condomínios, as portarias representam um grande problema para os moradores e para a administração. No primeiro caso devido aos seus custos elevados, que acabam pesando no bolso e na economia das famílias. Já no segundo, pois gera uma série de transtornos e manutenção que exigem muito envolvimento. Frente a isto, a Portaria Remota para condomínios surge como uma grande aliada e a perfeita solução ao problema.

Dica de leitura!
Portaria Remota aumenta a segurança do condomínio e reduz os gastos

Mas, afinal, o que é isto e como esta ferramenta pode, de fato, tornar um condomínio seguro e de forma mais barata do que uma equipe presencial? Descubra, a seguir, como esta tecnologia está conquistando cada vez mais o mercado e se tornando o investimento preferido dos condomínios, moradores e administradores. Vamos lá?

 

Portaria Remota para condomínios: o que é e como funciona?

A Portaria Remota nada mais é do que um sistema que proporciona o gerenciamento dos acessos a um determinado condomínio ou prédio, por exemplo, a distância. Com isto, podem surgir inúmeras dúvidas, não é mesmo? Como um sistema poderá ser eficaz e realmente seguro se não existe ninguém presente para melhor controlar e vistoriar o fluxo de moradores e visitantes?

Bem, devido a este sistema remoto, o monitoramento se torna, na verdade, ainda mais seguro do que aqueles com equipes presenciais. Esse modelo de portaria permite um controle de entrada e saída no local 24 horas por dia de forma totalmente tranquila para todos.

Na prática, ela funciona através de um identificador que é repassado aos moradores e trabalhadores de um prédio. Já para aqueles que estão de visita, tal identificação deverá ser feita por meio do interfone. Neste momento, a equipe de monitoramento virtual é a responsável por verificar se aquela pessoa tem sua entrada permitida ou não no local.

É, portanto, uma ferramenta inovadora, simples e segura, que utiliza da tecnologia para conectar as ferramentas de monitoramento como câmeras e sistemas de alarme a uma central remota e administrada por profissionais treinados. 

Além da diminuição dos custos, o sistema de Portaria Remota para condomínios consegue diminuir situações de risco e deixar os moradores ainda mais seguros, principalmente nos casos de condomínios horizontais.

 

Quais são as vantagens de investir na Portaria Remota? 

#1 Um serviço a distância e com menos custos

Você sabia que a Portaria Remota para condomínios consegue reduzir em até 60% os custos com este serviço? Além da economia, há o impacto direto no aumento da segurança e redução de possíveis momentos de risco que profissionais no local poderiam estar expostos.

#2 Maior controle sobre entrada e saída no condomínio

Com este tipo de tecnologia é possível controlar de melhor forma o fluxo de acesso e saída de prédios, além dos registros precisos sobre quem está chegando e saindo e o horário. Tais informações são bastante preciosas e contribuem para um ambiente mais seguro e controlado.

#3 Moradores e síndico mais tranquilos

Com este sistema é possível alcançar uma maior tranquilidade de que o patrimônio e as casas estão de fato protegidas, sem riscos de falha humana. Todos estão cientes sobre isto e também acaba sendo um fator de inibição para alguns criminosos.

#4 A tecnologia a seu favor

Com a Portaria Remota para condomínios é possível usufruir de um sistema altamente tecnológico e que elimina um dos grandes problemas para quem mora ou administra um local como este: os funcionários da na portaria, os gastos para com eles e a insegurança que ainda existe devido a uma possível falha humana.

Para investir em Portaria Remota para condomínios

Se você está pensando em investir nesse sistema tecnológico e altamente seguro para o seu condomínio, entre em contato para que os especialistas da Peter Graber possam explicar melhor e demonstrar para você como ela funciona. Conheça de perto quais são os inúmeros benefícios proporcionado por esse sistema para as famílias que residem em prédios e condomínios.

Na Peter Graber, a Portaria Remota para condomínios deixa o controle mais na sua mão, pois oferece um aplicativo que permite o gerenciamento a distância de quem está acessando o seu prédio, além de mostrar em tempo real este fluxo através das câmeras e ainda autorizar entrada e saída de visitantes ou prestadores de serviços.

Chamado “Graber Portaria Remota”, o aplicativo tem foco em aumentar a segurança dos moradores e facilitar seu dia a dia. Pensando nisso, a chave enviada pelo sistema só pode ser utilizada se o usuário recebeu o convite e a uma distância pré-definida, o que reduz chances de algum tipo de fraude ou clonagem.

 

Se o seu condomínio é residencial e tem até 70 apartamentos, ele está apto a implantar uma Portaria Remota para condomínios. Aproveite!

Você precisa ler isso!
Como Escolher Uma Empresa De Portaria Remota Para O Seu Condomínio

 

 

Como funciona um sistema de controle de acesso em empresas

Autor: Comentários desativados em Como funciona um sistema de controle de acesso em empresas

A preocupação do setor de Recursos Humanos ou mesmo dos próprios gestores de uma empresa com o fluxo de chegada e saída dos funcionários na empresa é grande. Na mesma lista de preocupações está a segurança. O que esses dois problemas compartilham? A solução chamada de sistema de controle de acesso. 

Essa ferramenta é essencial por fornecer as informações mais necessárias para gerir um bom negócio: quem está chegando ou saindo da empresa e em qual horário. Em termos de segurança, é essencial para proteger bens materiais, como equipamentos, produtos em estoque, documentos e tudo aquilo de físico que pode ser levado em uma ação criminosa.

Por isso, um sistema de controle de acesso em empresa cumpre esse papel de proteger o patrimônio ao controlar e padronizar a forma como a equipe e visitantes acessam os ambientes corporativos. Além, é claro, de limitar pessoas a determinadas áreas, criando aquelas áreas inacessíveis de acordo com padrões predeterminados.

Mas como um sistema de controle de acesso funciona? Continue lendo e descubra os detalhes, além de entender como implementar essa solução na sua empresa.

Sistema de controle de acesso em empresas: na prática

Um sistema de controle de acesso, na verdade, é apenas uma ponta de uma ferramenta muito maior e mais completa de monitoramento empresarial. O que isso significa? Que sozinho, esse controle não é tão efetivo assim. Por exemplo, ele precisa estar sintonizado com catracas ou portas, primeiramente, para existir um controle verdadeiro.

A partir daí, é preciso cadastrar os funcionários da sua empresa. É possível tirar foto, colocar dados pessoais e corporativos nesse perfil. Será este acesso que estará habilitado no sistema para entrar ou sair daquele local sem restrições. Tal liberação pode funcionar por biometria, ou seja, digital, por cartão magnético ou senha. Tudo irá depender do nível de segurança necessário ou melhor relacionado com o dia a dia da empresa.

Na prática, ao utilizar esse acesso, seja por meio da digital, cartão ou senha, fica registrado no sistema o horário e quem entrou ou saiu do estabelecimento.

Com tudo isso registrado, é possível exportar esses dados em relatórios de monitoramento extremamente completos e detalhados. São informações que podem ser utilizadas para o setor de RH e também para analisar possíveis falhas de segurança que estão deixando a empresa vulnerável.

Somente um sistema de controle de acesso basta?

Como explicamos acima, um sistema de controle de acesso não irá proteger a sua empresa ou comércio de uma possível ação de roubo ou furto sozinho. Para isto, a estratégia deve fazer parte de um sistema maior de monitoramento.

Por exemplo, o controle de acesso deve estar ligado a um monitoramento por câmera. Assim, caso alguém esteja tentando entrar no local sem a senha ou, em um cenário pior, possa estar coagindo algum funcionário, estará registrado em imagens.

O monitoramento abrange também uma central de segurança analisando as imagens do sistema de câmeras a distância. Quanto mais integrado e elaborado for esse sistema de segurança, maior será o potencial de proteção do controle de acesso.

Monitoramento de uma empresa: como ampliar o poder do sistema de controle de acesso

Se o sistema de controle de acesso não tem tanto efeito sozinho, porém um enorme potencial aliado a outras ferramentas, quais são as melhores alternativas para proteger os bens patrimoniais de uma empresa? Além, é claro, de seus colaboradores e clientes, se for o caso?

Uma sugestão poderosa é acrescentar uma série de serviços a este inicial. É o caso da notificação de abertura e fechamento do local. Imagine receber uma notificação de abertura da empresa em um horário incomum. Assim, você vê a necessidade de checar quem está tentando entrar e terá esse dado a partir do sistema de controle de acesso. Caso a pessoa não esteja conseguindo, pois não está cadastrada, através do monitoramento de câmeras será possível identificar.

Caso a ação criminosa seja concluída, todos esses itens servem como prova para serem documentadas pelas autoridades. Porém, há outros serviços que podem ser somados a estes, que podem impedir a violação do espaço como:

-Alerta vigia;

-Serviço de seguro;

-Pronta resposta motorizada;

-Monitoramento de alarmes com GPRS.

Ficou interessado? Para saber mais sobre estes recursos e sobre o sistema de controle de acesso em empresas, entre em contato com os especialistas da Peter Graber. 

Como escolher uma empresa de Portaria Remota para o seu condomínio

Autor: Comentários desativados em Como escolher uma empresa de Portaria Remota para o seu condomínio

A portaria remota é um recurso essencial, nos dias de hoje, principalmente em condomínios pela sua alta segurança e baixo custo com relação a outras formas de fazer esse monitoramento das áreas de acesso e saída de determinados locais. Mas como escolher a empresa de Portaria Remota certa? O que ela precisa ter e o que é preciso estar atento para investir na melhor opção do mercado para a sua realidade?

Essas dúvidas são bastante comuns e muito necessárias para que esta decisão, tão séria, seja tomada da melhor forma possível. Afinal, com a portaria remota se tem mais segurança, mas a tranquilidade dos moradores e gerência depende diretamente de quem está por trás desse monitoramento.

Preparamos, a seguir, um material completo para você entender um pouco mais sobre e, principalmente, como escolher a empresa de Portaria Remota que, de fato, possa proteger seu lar. Vamos lá?

 

Portaria Remota: quais os benefícios?

A portaria remota é um sistema tecnológico que permite o monitoramento do acesso e saída de locais como condomínios, por exemplo, a distância. Seus benefícios são inúmeros, confira os principais deles:

– Economize até 60% do custo com equipe para segurança ao utilizar a portaria remota;

-Tenha total controle sobre acesso de moradores, visitantes e trabalhadores do condomínio, além de dados precisos sobre horário e até mesmo foto;

– Maior segurança porque elimina riscos de distrações ou rendições de criminosos do trabalhador local;

-Equipe treinada e altamente qualificada para fazer o monitoramento 24h por dia, durante todos os dias da semana.

Durante o dia a dia, o sistema se mostra muito mais econômico e assertivo para a segurança de todos. Mas, então qual a melhor empresa de Portaria Remota para garantir que todos esses benefícios sejam cumpridos? Para descobrir isso, continue lendo!

 

Como escolher a empresa certa?

Separamos os principais pontos que você deve verificar antes de assinar qualquer contrato e não ser surpreendido ou pego de surpresa mais tarde. Confira.

 

O que essa empresa de Portaria Remota deve ter?

O ideal é que a empresa de Portaria Remota a ser contratada ofereça um serviço completo, ou seja, que todas as soluções estejam concentradas em um único local. É importante ressaltar isto porque é bastante comum que pequenas empresas de segurança privada se unam para ofertar um serviço a um cliente. O problema dessa fragmentação é que afeta diretamente a qualidade do atendimento e pode deixar o cliente um pouco inseguro sobre quem procurar e quando.

Outro ponto que você deve averiguar é a história dessa determinada empresa. Ela está há quanto tempo no mercado? Quais soluções oferece? O que dizem seus clientes sobre ela? Todas essas respostas são essenciais. Ao visitar as redes sociais, por exemplo, você já consegue ter uma ideia do que os clientes estão falando ou reclamando. Pesquise bastante sobre a reputação e história dessa empresa.

Não deixe de conferir o que essa empresa diz. Isso mesmo. Ela informa seus clientes? Disponibiliza informativos que esclareçam dúvidas e falem com clareza sobre os serviços que oferece? Quanto mais ela se posiciona, mais ela sabe sobre o tema e se preocupa com sua audiência.

 

Atendimento e suporte são fundamentais

Ao escolher a empresa de portaria remota que irá assumir a segurança do seu condomínio, voltamos mais uma vez para a importância de focar nos clientes. Eles apresentam algum grupo de referência? Disponibilizam depoimentos? Pesquisas de satisfação? Tudo isto é essencial para você medir o relacionamento da empresa para com seus clientes, como se preocupa e se posiciona frente a dúvidas e reclamações.

Por fim, não deixe de checar como funciona o suporte ofertado pela empresa. Afinal, este é um dos pontos mais sensíveis e o qual você mais precisará de atenção e cuidado por parte da equipe contratada.Você está pronto para escolher sua empresa de Portaria Remota?

Sim! Estes pontos são básicos, os quais você sempre deve ficar atento ao contratar um serviço de segurança como de portaria remota, por exemplo. Esta é uma solução inteligente, tecnológica e que está conquistando o mercado com muita velocidade. Por isso, está sendo ofertada na mesma velocidade. A consequência direta disto é que muitos podem não ter a qualidade desejada.

A empresa de Portaria Remota certa é a que melhor compreende e atende suas necessidades para tornar seu condomínio um local mais seguro e com menos custos.

 

Solicite uma avaliação gratuita no seu condomínio com nossos especialistas

7 dicas para reforçar a segurança de lojas para o fim de ano

Autor: Comentários desativados em 7 dicas para reforçar a segurança de lojas para o fim de ano

Com a proximidade do fim do ano é essencial ficar de olho e reforçar a segurança de lojas para proteger seu patrimônio. Afinal, é uma época que aumenta consideravelmente o fluxo de consumidores, criando um cenário perfeito para pessoas com más intenções circulares e aprenderem sobre o dia a dia de comércios.

Além disso, devido a esse volume extra de pessoas também aumentam as chances de erros e distrações das equipes, podendo dar brecha a ações criminosas. Lembre-se de que o caixa não é o único visado. Clientes, estoque e equipamentos são altamente atrativos e, muitas vezes, alvos fáceis.

Por isso, listamos as melhores dicas para reforçar a segurança de lojas especialmente neste final de ano. Confira!

Dicas para reforçar a segurança de lojas no fim de ano

 

#1 Monitoramento de alarmes com imagens

Um bom sistema de alarme com imagens é requisito básico para reforçar a segurança de lojas. Com este recurso de monitoramento comercial, inúmeras atividades criminosas chegam a ser inibidas, frente a possibilidade de identificação ou intervenção de profissionais para evitar o crime.

E, mesmo que o sistema não consiga inibir a ação, serve como prova e possibilita uma melhor investigação do ocorrido. Na hora do posicionamento das câmeras, selecione pontos estratégicos e tente cobrir, o máximo possível, a área completa do local, evitando assim pontos cegos.

#2 Notificação de abertura e fechamento para segurança de lojas

Outro recurso poderoso e que ajuda a reforçar a segurança de lojas é a notificação de abertura e fechamento do estabelecimento. Como citamos acima, devido ao fluxo intenso de fim de ano, muitas brechas podem surgir e acabar facilitando um crime.

Por isso, com a notificação de abertura e fechamento você controla em tempo real essa informações e questionar a equipe imediatamente frente a uma movimentação suspeita.

#3 Relatórios de arme e desarme do alarme

Seguindo a mesma lógica da notificação de abertura e fechamento, o ideal é você ter um controle sobre o arme e desarme do alarme. Com um bom relatório, é possível identificar alguém que tenha esquecido de armar, por exemplo, ou saber, imediatamente, se ele foi desarmado em um horário incomum.

Com essa ferramenta, sua loja fica ainda mais segura e você consegue uma geração poderosas de provas caso seja necessário.

#4 Monitoramento de acesso para segurança de lojas

Para lojistas é essencial o investimento em bom sistema de monitoramento, principalmente do acesso ao local. O que isso significa? Maior controle e tranquilidade quanto a quem está entrando, principalmente se há outras fontes de acesso além da utilizada pelo público para entrar no estabelecimento.

Assim como nos casos anteriores, consegue inibir fortemente pessoas com intenções criminosas ou ainda funcionar como acervo de provas caso algo, de fato, venha a acontecer.

#5 Botão do pânico

Um botão do pânico é uma ferramenta, normalmente, integrada aos sistemas anteriores. Eles são ideais para reforçar a segurança de lojas e daqueles pontos como citamos: caixas, clientes ou estoque. Em todos estes locais, o profissional responsável poderá, sem alarde, informar a autoridades que algo de errado está ocorrendo no interior da loja.

Em outros casos, é possível ainda utilizar um botão móvel em smartphones, por exemplo, que cumprem a mesma função e tornam a segurança mais dinâmica nas mãos dos funcionários.

#6 Evite acumular dinheiro na loja 

Uma das maiores medidas de segurança quanto ao patrimônio financeiro da sua loja é, jamais, manter grandes quantias guardadas no interior do estabelecimento. Normalmente, o ideal é que o banco recolha, ou você faça esse transporte, com frequência e sem rotina, pois esse tipo de movimentação costuma chamar bastante a atenção de criminosos. 

Outra saída é utilizar cofres ou gavetas com chave, jamais em locais óbvios demais. No caixa, deixe apenas o necessário para a operação do dia. 

Essa é uma estratégia simples e bastante comum, mas deve ser lembrada pois algumas vezes pode ficar em segundo plano e, neste momento, algo acontecer. Nunca deixe para depois, pois pode estar comprometendo a sua renda e tornando a loja um alvo fácil, principalmente durante o fim de ano.

#7 Controle biométrico

Para quem busca reforçar medidas de segurança como o monitoramento de acesso, notificações de alarme e abertura, por exemplo, uma sugestão é o controle biométrico de funcionários e colaboradores.

Apesar desta ser uma solução interna, que irá impactar somente os funcionários, ela é um reforço de todo o contexto de segurança acima, pois fornece mais uma ferramenta de controle de acesso e saída dos prédios.

Por ser altamente tecnológico, acaba evitando quase que a totalidade de fraudes possíveis e não libera a passagem de pessoas não autorizadas, garantindo a segurança de lojas e pessoas.

Quer saber mais sobre estes recursos que poderão reforçar a segurança de lojas? Entre em contato para que os especialistas da Peter Graber possam auxiliar você!