Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota Peter Graber

BLOG

Quais são os tipos de armazenamento de dados?

Autor: Sem comentários

iStock.com / Jarq O armazenamento de dados é um agrupamento de arquivos considerados importantes.

O armazenamento de dados é um agrupamento de arquivos considerados importantes, gravados em um local considerado seguro, de modo a proporcionar eficiência em pesquisas, operações empresariais, arquivamento de banco de dados e gerenciamento de informações referentes ao controle de acesso e monitoramento de alarmes de determinado local.

Sistemas de computador dispõem de armazenamentos permanentes, que são rotulados como secundários e incluem dispositivos e mídia de armazenamento, como o drive de disco rígido e o disquete. Os dispositivos de armazenamento leem e escrevem os dados na mídia, copiando os dados da memória do computador para a mídia de armazenamento. Ao ler os dados da mídia, eles são copiados para a memória do computador.

Principais tipos de armazenamento de dados

Armazenamento magnético

Trata-se do formato mais comum e duradouro de tecnologia de armazenamento. Em geral, os dispositivos de armazenamento utilizam drives que se conectam ao computador para receber as informações, e podem ser removidos até a próxima utilização. É o caso dos antigos disquetes.

Este tipo de dispositivo utiliza uma cabeça magnética para ler e gravar dados de um meio magnetizado. Além dos disquetes, as fitas de áudio e o próprio disco rígido do computador são exemplos de armazenamento magnético de dados.

Armazenamento óptico

CDs, CD-ROMs e DVDs são considerados dispositivos de armazenamento óptico, nos quais a leitura das informações é feita por meio de um feixe laser de alta precisão projetado na superfície da mídia — esta é gravada com sulcos microscópicos, capazes de desviar o laser em diferentes direções, de modo a apresentar as informações gravadas.

Armazenamento magneto-óptico

Apagáveis e reutilizáveis, são portáteis que possuem alta longevidade e capacidade de armazenamento, além de permitir acesso não linear. Como os dados armazenados são difíceis de apagar, é uma mídia mais segura. Pode ser encontrada nos formatos rewritable (regraváveis) e Write Once Read Many (WORM), com gravação única e leitura infinita.

Armazenamento eletrônico

Também chamado de memórias em estado sólido, o armazenamento eletrônico é composto apenas por circuitos que não precisam se movimentar para ler ou gravar informações. Esses dispositivos têm a vantagem de permitir um acesso muito mais rápido às informações. Porém, seu custo é um pouco mais elevado do que os dispositivos magnéticos.

Confira dicas de segurança patrimonial

Autor: Sem comentários

iStock.com / artisteer Segurança patrimonial é um conjunto de medidas que previnem e reduzem perdas patrimoniais.

Em um país onde a falta de segurança se destaca como um dos principais problemas públicos, é essencial adotar medidas para proteger seus bens e as pessoas que frequentam seu comércio ou residência. É justamente para isso que existe a segurança patrimonial, um conjunto de providências que tem como objetivo prevenir e reduzir perdas patrimoniais.

Além de contratar serviços de vigilância e seguro, algumas atitudes podem ajuda a manter sua casa ou local de trabalho em segurança.

Dicas de segurança patrimonial

– A entrada da sua residência ou condomínio deve ser sempre iluminada e sem obstáculos que dificultem a visão da rua. Assim, é possível observar melhor o que está acontecendo e, em caso de perigo, você pode pedir ajuda com mais facilidade;

– Evite compartilhar informações detalhadas sobre os bens que você possui. Não guarde grandes somas de dinheiro em casa e tenha cuidado com quem você deixa as chaves;

– Sempre que for dormir ou sair de casa, confira se as portas e janelas estão devidamente fechadas e trancadas. Ao sair ou chegar em casa, fique atento à presença de estranhos nos arredores do local. Se notar alguma ação suspeita, ligue para a polícia ou para a empresa de segurança;

– Quando receber empresas prestadoras de serviço, peça sempre para ver a ordem de serviço dos funcionários antes de liberar a entrada. Não deixe os funcionários sozinhos sem supervisão e oriente sua família e empregados sobre quais empresas estão autorizadas a entrar;

– Quanto aos empregados que trabalham na sua casa, seja criterioso e lembre-se de buscar referências sobre eles e checá-las antes de contratá-los;

– Quando viajar, peça para que um vizinho ou familiar recolha suas correspondências e, se possível, ascenda e apague as luzes da casa de tempos em tempos. Assim, você evita passar a impressão de que a casa está vazia;

– Conheça seus vizinhos e esteja alerta para pedir ajuda ou ajudá-los sempre que necessário;

– Memorize os telefones de emergência da polícia e saiba a localização da delegacia do seu bairro;

– Invista em sistemas de monitoramento residencial e, caso você tenha uma empresa ou more em condomínio, pense em contratar um serviço de controle de acesso. Essas medidas garantem o controle do fluxo de pessoas, além da visualização de tudo o que acontece no local.

Como é feito o controle de acesso para empresas?

Autor: Sem comentários

Independentemente do porte ou segmento de atuação da empresa, o controle de acesso é uma medida fundamental para preservar o patrimônio conquistado ao longo dos anos e garantir maior tranquilidade e segurança para todos os funcionários durante a jornada de trabalho.

iStock.com / zhudifeng O controle de acesso garante a segurança e preserva o patrimônio empresarial.

Isso porque o controle de acesso monitora o fluxo de pessoas na organização, permitindo apenas que pessoas previamente cadastradas e devidamente identificadas entrem nas dependências da empresa e em áreas internas de acesso restrito. No caso de visitas, os responsáveis pelo controle de acesso faz a identificação do visitante e confere se ele realmente está autorizado a entrar na empresa, antes de liberar o acesso.

O sistema de controle de acesso também possibilita a criação de relatórios precisos sobre horários de entradas/saídas de funcionários e visitantes, faltas, entrada de pessoas estranhas e identificação de situações que saíram da rotina da empresa. Este serviço também permite a verificação de quantas pessoas estão dentro da empresa, em tempo real.

Controle de acesso para empresas: como funciona?

O sistema de controle de acesso da Peter Graber foi desenvolvido com uma interface amigável, fácil de ser administrada por qualquer empreendedor que precisa configurar permissões de acesso, gerar relatórios e promover segurança em sua empresa.

Por meio de cartões inteligentes, que contém dados individuais de cada colaborador, todos os acessos são monitorados por uma central. Basta que o funcionário aproxime seu cartão do leitor digital — instalado em postas e catracas — para que um software de gestão o identifique e libere sua entrada no local.

Os dados ficam armazenados em servidores que podem ser acessados sempre que a empresa precisar das informações para qualquer fim, como calcular horas extras, identificar faltas ou verificar acessos e situações suspeitas.

Qual é o significado de CFTV?

Autor: Sem comentários

CFTV é uma sigla para circuito fechado de televisão, um dos principais serviços relacionados à segurança comercial, residencial ou industrial. Trata-se de um sistema de televisão constituído basicamente por câmeras, meios de transmissão e monitor.

iStock.com / mzh29CFTV é uma sigla para circuito fechado de televisão. 

O circuito fechado de televisão transmite, para um ou mais pontos de visualização, sinais provenientes de câmeras localizadas em pontos específicos. É justamente por conta da transmissão ser destinada apenas a esses pontos de visualização específicos que o sistema recebe o nome de “circuito fechado”.

Vantagens do CFTV

O primeiro benefício da instalação de um sistema de um circuito fechado de televisão é a segurança. Isso porque, com o CFTV, é possível monitorar o ambiente 24 horas por dia, garantindo maior segurança a moradores, clientes e funcionários. Além disso, a presença das câmeras inibe a ação de criminosos, que pensam duas vezes antes de invadir um ambiente monitorado.

Além disso, as imagens captadas pelo CFTV podem ser consultadas tanto em tempo real como posteriormente, para uma análise cuidadosa de determinada ocorrência. No caso da visualização em tempo real, é possível utilizar smartphones, tablets e computadores conectados à internet para conferir tudo o que está acontecendo no local.

Como funciona um sistema de portaria remota?

Autor: Sem comentários

O sistema de portaria virtual é fundamental para a segurança patrimonial e pessoal, especialmente com o crescimento dos índices de violência no País. Trata-se de uma tecnologia que substitui o tradicional sistema de portaria — realizado por um profissional que controla a entrada e saída de pessoas — por um sistema online à distância. Com isso, é possível realizar o controle de fluxo de pessoas 24 horas por dia, registrando toda a movimentação para eventuais análises.

iStock.com / AndreyPopov No sistema de portaria remota, uma equipe especializada monitora o fluxo de pessoas 24 horas por dia.

Para quem trabalha ou mora em um local com sistema de portaria remota, basta utilizar um identificador (seja por biometria ou por senha) para que a entrada seja liberada. Sempre que um visitante for entrar no local, ele deverá se identificar via interfone para que a equipe de monitoramento virtual — alocada em uma central de comando — pegue seus dados e verifique se sua entrada será permitida.

Sistema de portaria remota: monitoramento total

Um dos maiores diferenciais do sistema de portaria remota é que a tecnologia permite que o monitoramento em tempo integral, garantindo segurança 24 horas por dia. Para isso, técnicos especializados trabalham em turnos alternados para garantir verificação em tempo real, mesmo durante a madrugada e em finais de semana.

Caso alguma ocorrência seja identificada, uma equipe móvel é acionada e imediatamente se desloca até o local para verificar a situação. Vale lembrar que este é um tipo de trabalho que deve ser realizado por uma empresa especializada em sistemas de segurança e que ofereça suporte completo ao cliente, como é o caso da Peter Graber.

Como é feito um sistema de monitoramento por câmeras?

Autor: Sem comentários

iStock.com / Giacoff As câmeras de monitoramento gravam imagens e permitem a verificação em tempo real.

O sistema de monitoramento por câmeras é um serviço cada vez mais procurado por comerciantes e proprietários que desejam preservar seu patrimônio, sobretudo em cidades onde os índices de violência são elevados. Isso porque contar com uma tecnologia que permite a gravação de imagens em tempo real valoriza o imóvel, garante a segurança das pessoas e inibe a ação de invasores e assaltantes.

Para fazer um sistema de monitoramento por câmeras, o ideal é procurar uma empresa especializada em segurança e com conhecimento técnico para indicar os equipamentos mais adequados para determinado ambiente e realizar a correta instalação dos dispositivos de segurança. É o caso da Peter Graber, referência em segurança eletrônica e monitoramento de alarmes.

Com a instalação das câmeras de monitoramento, é possível realizar a gravação de imagens e verificação online em tempo real, tudo com ótima resolução. Todas as imagens registradas são armazenadas para uma possível consulta e/ou análise futura, caso seja necessário verificar alguma ocorrência em determinado horário.

Todo o processo é acompanhado por profissionais especializados em monitoramento e segurança, treinados para acionar equipes móveis que se deslocarão até o local, caso alguma ocorrência seja identificada. Para facilitar este monitoramento, todas as câmeras são instaladas em pontos estratégicos.

Outro diferencial do monitoramento por câmeras é a possibilidade de o cliente acessar as câmeras sempre que quiser, acompanhando em tempo real tudo o que está acontecendo em sua indústria, comércio e/ou residência por meio de tablets, computadores ou celular.

Descubra a importância de ter uma ronda de segurança motorizada

Autor: Sem comentários

Serviço fundamental dentro de um projeto personalizado de segurança, a ronda de segurança motorizada residencialcomercial ou empresarial utiliza motos ou carros para ir até determinado local e realizar a verificação de atividades suspeitas, disparo de alarmes, acompanhamento de entrada e/ou saída de pessoas importantes ou objetos de grande valor e rondas preventivas. Tudo isso com velocidade e mobilidade para prestar um atendimento eficaz.

iStock.com / vladrakola A ronda motorizada verifica ocorrências em determinado local e faz verificações preventivas.

Um dos grandes diferenciais da ronda de segurança motorizada é que este é serviço que funciona 24 horas por dia, o que significa que o estabelecimento fica protegido integralmente, mesmo nos momentos em que não há ninguém no imóvel.

Dependendo do tipo de serviço contratado, é possível até pedir que a equipe de ronda realize uma vistoria geral nas imediações, em horários aleatórios e definidos de acordo com planos personalizados de segurança. Esta medida existe para analisar como é a rotina do local e as pessoas que normalmente passam por ali, tornando possível a identificação de atitudes e situações suspeitas.

Contar com um serviço de ronda de segurança motorizada garante a segurança da família, clientes, comerciantes e empresários, além de proteger o patrimônio contra possíveis invasões e roubos.

Todos os veículos utilizados durante a ronda de segurança motorizada possuem rastreamento via satélite, e são monitorados em tempo real sempre que saem para realizar qualquer serviço. Na Peter Graber, este trabalho é coordenado e executado por profissionais experientes, com treinamento diferenciado e que utilizam tecnologia de ponta para facilitar a comunicação entre as equipes móveis.

A diferença entre controle de acesso lógico e físico

Autor: Sem comentários

O controle de acesso é uma estratégia de segurança indicada para estabelecimentos como empresas, condomínios, eventos, academias, escolas ou qualquer outro local em que o acesso é restrito a pessoas específicas. Trata-se de uma medida essencial para garantir a segurança das pessoas e a proteção dos bens patrimoniais do lugar.

iStock.com / mariakraynova O controle de acesso é fundamental para garantir a segurança das pessoas e dos bens patrimoniais.

De modo geral, existem dois tipos de controle de acesso: lógico e físico. Conheça um pouco mais sobre eles a seguir:

Controle de acesso físico

O controle de acesso físico controla o fluxo de pessoas por meio de dispositivos como funcionários (recepcionista ou segurança), fechaduras, chaves e catracas de acesso. Este é um sistema indicado para edifícios comerciais e residenciais e áreas internas de empresas, bem como eventos e salas específicas.

Controle de acesso lógico

A tecnologia é a principal aliada do controle de acesso lógico. Nesse tipo de sistema, a verificação da identidade das pessoas e a liberação para entrada é feita por bancos de dados online. Essa verificação pode ser feita por meio de inserção de login e senha ou por identificação biométrica.

A biometria é o sistema mais confiável entre as opções existentes de controle de acesso. Isso porque a tecnologia biométrica verifica características individuais que não podem ser falsificadas, como a digital, a íris e até a voz da pessoa.

Entenda como funciona o monitoramento de alarme comercial

Autor: Sem comentários

iStock.com / stnazkul O monitoramento de alarme comercial é realizado por uma equipe técnica responsável por garantir a proteção do patrimônio.

Quem possui um estabelecimento comercial, com certeza se preocupa com a segurança do local. Nesse sentido, um eficaz sistema de monitoramento de alarme comercial pode ser fundamental para a prosperidade do negócio, independentemente do segmento em que atua e da região onde está instalado.

O monitoramento de alarme comercial oferecido pela Peter Graber envolve a participação de diversos profissionais especializados em segurança que, juntos, formam uma equipe técnica responsável por garantir a proteção do patrimônio e trazer tranquilidade ao comerciante.

O monitoramento da Peter Graber oferece atendimento 24 horas, em que uma equipe móvel se descola até o imóvel comercial sempre que for detectada qualquer ocorrência. Além disso, são realizados testes diários para todos os equipamentos de segurança (como alarmes e câmeras de circuito fechado), de modo a verificar o bom funcionamento e agilidade de resposta.

Segurança para clientes e funcionários

A instalação de um sistema de monitoramento de alarme comercial protege o patrimônio e garante segurança e tranquilidade para os funcionários e proprietários do comércio, podendo, inclusive, aumentar a produtividade de todos. Além disso, ao adotar essas medidas de segurança, o comerciante oferece um ambiente mais seguro ao cliente, que passa a ver a loja como um local confiável e que se preocupa com o bem-estar de todos.

Confira as novidades de segurança em condomínios verticais

Autor: Sem comentários

dabldy / Shutterstock A maioria dos condomínios verticais é equipada com câmeras e sistemas de segurança.

Os condomínios verticais, formados por edifícios de apartamentos ou empresariais, oferecem diversos benefícios no que diz respeito à segurança. Isso porque a maioria dos condomínios conta com câmeras de vigilância, muros altos, controle de acesso, sistemas de alarme e funcionários responsáveis pela vigilância do local.

A segurança proporcionada aos condôminos deve incluir a adoção de medidas de prevenção, realização de checklist de segurança, manutenção preventiva de dispositivos de segurança, instalação de portões eletrônicos e treinamento de funcionários qualificados. Além disso, é essencial que as medidas de segurança acompanhem as novidades do mercado e da tecnologia de modo geral.

O monitoramento de condomínios pode ser considerado uma das medidas essenciais para a segurança dos condomínios verticais. Este monitoramento ininterrupto — 24 por dia — pode ser realizado tanto em apartamentos residenciais como em condomínios empresariais.

A Peter Graber disponibiliza profissionais qualificados para instalar e administrar alarmes de monitoramento, acionando equipes móveis sempre que for identificada alguma ocorrência. O sistema também realiza testes diários com as câmeras e alarmes, bem como eventuais manutenções preventivas e corretivas sempre que houver necessidade.