Como Reduzir os Custos do Condomínio com a Contratação de uma Empresa de Segurança?

Como a casa de uma família, malabarista mensal no pagamento dos boletos que entram sem pedir licença, um condomínio também conta com diversos gastos por mês para manter tudo funcionando e em ordem. Água, energia, materiais de limpeza, contratação de colaboradores, segurança: muitas são as despesas para colocar um condomínio para funcionar e é preciso fugir do vermelho. Uma das principais dores de cabeça de todo o administrador de condomínio, a proteção de pessoas e patrimônios pode passar de vilã a mocinha na hora do desembolso de dinheiro. A economia aparece com a contratação de uma empresa terceirizada especializada em segurança.

Segurança contratada x Segurança terceirizada

Muitos trabalhadores da área da segurança estão à disposição no mercado. São pessoas geralmente capacitadas e que já tiveram experiências como porteiros em prédios residenciais e comerciais. Quando uma empresa resolve contratar um funcionário para a sua área de segurança, a intenção costuma ser poder controlar de perto o trabalho da pessoa e da equipe, suas atitudes, o tipo de sistema que será adotado e como este será operacionalizado. O administrador tem uma ilusão de controle de todo o sistema e assume a responsabilidade – e as despesas – por todo o comprometimento legal sobre seus funcionários da área de segurança, incluindo encargos trabalhistas, prestação de contas junto à Polícia Federal e a outros órgãos reguladores da área, seleção, formação, reciclagem, aquisição e registro de armamento e autorização para serviço orgânico de vigilância patrimonial.

Sem burocracia, com economia

Em um contexto bem mais animador e prático, a contratação de uma empresa de segurança terceirizada elimina burocracias e faz a economia aparecer. De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Segurança Eletrônica (Abese), a substituição da mão de obra pela tecnologia gera uma economia de até 60%. A gestão do condomínio passa a não precisar se preocupar com questões como pagamento e treinamento dos profissionais – isso fica ao cargo da empresa de segurança contratada. Os próprios custos específicos com segurança ficam mais palpáveis quando uma empresa de segurança é contratada, já que é preciso se preocupar apenas em pagar determinado valor fixo mensal para obter o serviço.

Solução: Portaria Remota

Para que tudo isso funcione, contudo, é preciso que o administrador de condomínio esteja bem informado sobre as possibilidades, novidades e soluções de segurança à disposição no mercado. A Portaria Remota é um sistema de gerenciamento a distância dos acessos ao condomínio que amplia o domínio sobre quem entra e sai do condomínio 24 horas por dia, protegendo bens e pessoas. Para quem trabalha ou mora em um local com sistema de Portaria Remota, um identificador é disponibilizado para que a entrada seja liberada. No caso dos visitantes, a identificação é feita via interfone e a equipe de monitoramento virtual verifica se a entrada daquela pessoa pode ser permitida. A autorização de entrada no condomínio é feita remotamente.

Quer saber mais sobre Portaria Remota e outros sistemas de segurança desenvolvidos para garantir a satisfação de todos inclusive no quesito economia? Conte com a Peter Graber para aumentar a segurança e tranquilidade de seu condomínio. Oferecemos, desde 1982, o que há de mais moderno e avançado em tecnologia de alarmes e monitoramento no Brasil.