Powered by ZigaForm version 4.5
Central de Atendimento:
(11) 3080-1000 | (11) 2500-0500 | (11) 4020-0131

Portaria Remota Peter Graber

acessibilidade

Acessibilidade é lei. Seu condomínio tem? Confira!

Autor: Comentários desativados em Acessibilidade é lei. Seu condomínio tem? Confira!

O que você conhece sobre acessibilidade? Você depende dela no seu dia a dia? Você fornece acessibilidade nos locais pelos quais é responsável? 

Facilitar o acesso para pessoas com mobilidade reduzida é um ato de cidadania, mas muito mais do que isso: é lei instituída por decreto federal pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Continue lendo e saiba mais sobre acessibilidade e dicas para garantir o acesso e a segurança destas pessoas em prédios, condomínios, empresas e comércios. Afinal, a inclusão começa por nós mesmos! 

Formas de melhorar a Acessibilidade

Rampas

As rampas de acesso devem existir em locais com degraus e/ou que apresentem desníveis que impeçam a circulação de uma cadeira de rodas. A preferência é que essas rampas estejam posicionadas ao lado das escadas ou degraus. É importante salientar que as rampas de acessibilidade devem ser antiderrapantes e com corrimão em ambos os lados, garantindo então a segurança dos transeuntes. 

Piso tátil 

Necessário para usuários com deficiência visual, o piso tátil é recomendado para ampliar o acesso e a autonomia de tais pessoas ao transitar em locais públicos e/ou movimentados.

Esse piso, que tem texturas diferentes, ajudam o deficiente visual a se localizar e ter ciência da direção certa e segura para caminhar. O ideal é que ele seja interativo e tenha seu início/término perto de portas, escadas e elevadores como uma forma de indicar o caminho ao cidadão.

Deve-se ficar atento ao piso comum do ambiente. Os pisos muito polidos, lisos ou tapetes podem causar acidentes.

Portas

Adaptar as portas também é necessário para que os cadeirantes possam transitar entre os locais. A largura deve ser suficiente para a passagem de uma cadeira de rodas, enquanto a maçaneta deve ser instalada numa altura entre 80cm a 1,20m do chão.

Elevadores

Assim, como as portas, os elevadores também precisam ser largos e espaçosos, tendo pelo menos 1,50m para manobras das cadeiras de rodas. Os botões e interfones devem estar também entre 80cm e 1,20m de altura do chão.

Para acessibilidade de deficientes visuais, os botões devem ter legendas em braile e deve ser instalado sistema sonoro para que eles saibam em que andar se encontram.

Vagas de Estacionamento 

As vagas de estacionamento devem ser mais largas que o convencional, tendo o espaço necessário para que o cadeirante possa entrar e sair do veículo, montar e desmontar a cadeira. Além disso, elas devem ser próximas às portas de acesso e elevadores.

Grávidas, pais e mães com crianças de colo, deficientes visuais e idosos também têm direito às vagas preferenciais; cada qual com seus respectivos cartões de acesso fornecido pelo órgão responsável.

As vagas devem ser bem sinalizadas e pintadas com o símbolo internacional do acesso no chão.

Essas e outras dicas sobre condomínios e segurança, você encontra aqui no blog da Peter Graber. Para contratar os nossos serviços, entre em contato 😉 

Acessibilidade em prédios

Autor: Sem comentários

O que você sabe sobre acessibilidade em prédios?

Facilitar o acesso para usuários com mobilidade reduzida, deficientes, idosos e mães com crianças de colo é um ato de cidadania. E também virou uma lei instituída por decreto federal e normativa (NBR 9050) pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Por isso, no blog dessa semana, vamos mostrar algumas dicas que garantem a acessibilidade e a segurança dessas pessoas em prédios residenciais e comerciais. Veja a seguir!

 

Dicas de acessibilidade em prédios

Rampas de acesso

As rampas de acesso devem ser instaladas em locais em que há desníveis, como em portarias, calçadas e ao lado de escadas. Para garantir a segurança dos usuários, o material deve ser antiderrapante e com corrimãos dos dois lados.

Um fator que muitas pessoas se esquecem é a inclinação da rampa. O ideal é ler a norma completa da Associação Brasileira de Normas Técnicas e verificar o ângulo correto. Rampas muito inclinadas podem facilitar quedas, escorregões e outros tipos de acidentes.

 

Piso tátil

Instalar um piso tátil é o mais recomendado para facilitar a acessibilidade de deficientes visuais ou pessoas com baixa visão. Esse piso, que tem texturas diferentes, deve ser colocado próximo aos degraus, rampas, escadas e outros lugares para alertar os desníveis.

Uma dica importante: tome cuidado com pisos muito polidos ou lisos e tapetes, já que podem causar acidentes.

 

Portas

As portas devem ter uma largura suficiente para passar uma cadeiras de rodas, e a maçaneta precisa estar em uma altura entre 80cm a 1,20m para que o cadeirante tenha facilidade em abrir a porta.

Além disso, para mudar de direção, o cadeirante precisa ter espaço suficiente nos locais. Por exemplo, é necessário um vão de no mínimo de 60cm junto à lateral da porta.

 

Elevadores acessíveis

Os botões e interfones devem ter uma altura entre 80cm e 1,20m e o elevador precisa ter um espaço de 1,50m de largura para manobras em cadeiras de rodas.

E também, o ideal é instalar uma sinalização sonora para anúncio dos andares.

 

Vagas de estacionamento

Reserve vagas de estacionamento próximas aos elevadores para os deficientes e mantenha-as sempre bem sinalizadas com o símbolo internacional de acesso pintado no piso.

 

Para saber mais dicas de acessibilidade em prédios e de segurança, continue acompanhando nosso blog. E não deixe de conhecer nossos serviços de monitoramento!